08 outubro 2018

Resenha - A dívida, Nina G. Jones


Livro: A dívida
Autor(a): Nina G. Jones
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 448
Adquira: Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora
Não sei onde estava com a cabeça quando contratei alguém para me atacar. Talvez estivesse entediada, solitária, ou então houvesse um vazio tão grande dentro de mim que eu precisasse de algo explosivo para preenchê-lo. Era para ser seguro. Emocionante. Uma forma de romper com a monotonia do cotidiano. Uma ilusão de perigo que desapareceria tão logo tudo tivesse terminado. Só que não foi assim. Eu estava em perigo desde muito antes de convidá-lo para entrar na minha vida. Minha missão estava quase completa. O desejo de vingança que fazia meu sangue ferver finalmente poderia arrefecer. Ela era a última peça desse quebra-cabeça. Quando a destruísse, todos que já me feriram teriam pagado suas dívidas. Era para ser rápido e fácil, mas assim que a encontrei, as coisas ficaram complicadas. Muito complicadas...


A vida profissional de Mia Tibbet beira a perfeição. Ela foi uma das primeiras funcionárias da empresa onde trabalha e seu esforço é amplamente reconhecido por seus chefes. Ela ama o que faz, e por consequência pode dizer que já está financeiramente estável. Mia tem poucos, mas bom amigos, um apartamento para chamar de seu... mas quem olha de fora não imagina que seu coração anda tão vazio.

O caos começa quando ela segue os conselhos de sua melhor amiga e decide dar asas a sua fantasia mais secreta: ser dominada sexualmente. A empresa, especialidade nesse tipo de serviço, tem um longo protocolo para que tudo aconteça de forma mais profissional e prazerosa possível. A contratante não sabe o momento exato da abordagem, já que isso estragaria parte da experiência. E que experiência! Mia fica é arrebatada e não consegue ficar um dia sequer sem sonhar com o que aconteceu, mas como reagir ao descobrir que o homem que a dominou não foi quem ela contratou?

Tax vem observando sua presa há anos. Não lhe faltou tempo para arquitetar a vingança que encerraria o capítulo mais longo de sua vida. Porém, uma situação inesperada acaba por complicar seus planos, mas ele pode tirar proveito de tudo e reduzir sua preza a nada antes de por fim a sua vida, certo?

Meu problema com esse livro começou quando Mia diz ter contratado um estuprador profissional e começa a repetir essa expressão diversas vezes. Na realidade ela gosta de sadomasoquismo e não há mal nenhum nisso. Porém, ela sente vergonha de sua fantasia e faz questão de dizer que é tudo muito sujo. Esse é o tipo de livro onde a mulher busca liberdade e não mais amarras.

As atitudes da protagonista minaram totalmente a minha vontade de prosseguir com a história. Ela não assumia seus desejos e vontades, então fica uma confusão de "eu te quero" com lágrimas escorrendo e eu não tenho paciência para personagens com esse nível de indecisão. A narrativa da Nina G. Jones também não ajudou em nada. O livro é bem grande e metade do que eu li foi repetitivo e desnecessário.

A dívida tem uma edição bonita, uma plot interessante, mas senti que perdia meu tempo enquanto lia.

Nenhum comentário

Postar um comentário


Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥