24 maio 2019

Resenha - Imperfeitos, Lauren Layne


Livro: Imperfeitos (Recomeços #2)
Autor(a): Lauren Layne
Editora: Paralela
Páginas: 256
Adquira: Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora
Quantas vezes um mesmo coração aguenta ser despedaçado? Essa é a pergunta que atormenta Michael St. Claire, o ex-bon vivant que, após ser rejeitado por Olivia e abandonado pelo melhor amigo, deixa o glamour nova-iorquino para trás e vai trabalhar num clube de tênis numa cidadezinha no Texas. Há um motivo secreto por trás dessa escolha geográfica: é lá que se encontram seu pai biológico e seu meio-irmão, Devon, que não fazem ideia de sua existência. O que o plano de Michael não previa era conhecer Chloe, a garota mais inteligente, sarcástica e original que ele já vira. Em pouco tempo, eles se tornam grandes amigos, e quando Michael descobre que Chloe é apaixonada por Devon ele resolve que irá ajudá-la. Mas será que dois corações rejeitados conseguem, juntos, construir um recomeço? Ou irão apenas se machucar, perdidos na eterna busca por aceitação e pertencimento?


ESSA RESENHA NÃO POSSUI SPOILER DOS LIVROS ANTERIORES.
LEIA A RESENHA DE EM PEDAÇOS E COMO UM FILME.


Michael St. Claire perdeu seu pai, seu melhor amigo e o amor da sua vida. A mais recente perda veio com a descoberta que o homem a quem sempre chamou de pai, provavelmente só lhe deu um sobrenome para incobrir a infidelidade da esposa. E agora Michael atravessou o país arquitando um plano para chegar até seu meio irmão, Devon.

22 maio 2019

Lançamentos da Editora Intrínseca (Maio/ 2019)



F*deu Geral, Mark Manson
Um livro sobre esperança?

Vivemos em uma época interessante. Materialmente, nunca estivemos melhor - temos mais liberdade, mais saúde e mais riqueza do que em qualquer momento da história da humanidade. No entanto, tudo ao redor parece terrivelmente f*dido: aquecimento global, governantes horrorosos, economia em crise e todos constantemente ofendidos nas redes sociais. Temos acesso a tecnologia, educação e comunicação de maneiras que nossos ancestrais jamais sonhariam e, mesmo assim, sentimos essa desesperança esmagadora. O que está acontecendo, afinal? Se você também está se fazendo essa pergunta, o livro de Mark Manson é sua próxima leitura obrigtória. Em A Sutil Arte de Ligar o F*da-se, Manson, de maneira brilhante, deu forma à ansiedade que permeia a vida moderna - agora, em F*deu Geral, ele desvia seu olhar das falhas inevitáveis de cada indivíduo para as inúmeras calamidades que tomam o mundo. Ao trazer desde pesquisas psicológicas a pérolas da sabedoria atemporal de filósofos como Platão e Nietzsche (e Tom Waits), Manson disseca religião e política e trata de como as duas, desconfortavelmente, vieram a se assemelhar. Também explora nossa relação com o dinheiro, o entretenimento e a internet, e desafia de modo franco nossas definições de fé, felicidade, liberdade e, até mesmo, a própria definição de esperança. Um passeio inusitado e divertido pela dor em nossos corações e o estresse em nossas vidas


O que aconteceu com Annie, C.J. Tudor

Quando Joe Thorne era adolescente, sua irmã mais nova desapareceu. Vinte e cinco anos depois, um e-mail anônimo o leva mais uma vez ao passado: “Eu sei o que aconteceu com sua irmã. Está acontecendo de novo.” Atolado em dívidas e bem longe do vilarejo onde cresceu, Joe precisa escapar das pessoas perigosas que estão atrás dele, mas também vê a oportunidade de resolver o que arrasta consigo há mais de duas décadas. Retornar a Arnhill parece a única opção. Mas voltar também significa abrir velhas feridas e reencontrar pessoas e lugares que ele nunca mais pensou que veria. Afinal, alguns segredos são grandes demais — e Joe não faz ideia de onde está se metendo. Neste suspense de ares sobrenaturais, o leitor é carregado por reviravoltas sombrias que o deixam na expectativa até o fim. O que Aconteceu com Annie é uma viagem ao lugar mais escuro de um passado que precisa ser esquecido.

Raízes do Mal, Gwenda Bond
Série Stranger Things Vol. 1
Primeira história oficial do universo expandido de Stranger Things. Descubra o passado sombrio da mãe de Eleven e do médico perverso envolvido no projeto MKULTRA. Uma das séries de maior sucesso dos últimos tempos, Stranger Things surpreendeu espectadores de todas as idades. Agora, a poucos meses da estreia da aguardada terceira temporada, a Intrínseca lança o primeiro livro oficial da série, que explora o passado de dois dos personagens mais enigmáticos da produção: Terry Ives, a mãe de Eleven, e o dr. Martin Brenner, o homem que separou as duas. Em plena década de 1960, os Estados Unidos estão passando por profundas mudanças políticas e sociais, e Terry Ives, estudante de uma cidadezinha em Indiana, se vê à parte dos acontecimentos. Cansada de ser uma mera espectadora das mudanças à sua volta, ela enxerga sua grande chance de entrar para a história ao se voluntariar para participar de um projeto ultrassecreto do governo chamado MKULTRA, realizado no laboratório de Hawkins. É lá que ela conhece o dr. Martin Brenner, um homem cruel capaz das maiores atrocidades para alcançar seus objetivos. Terry logo se vê presa em uma trama repleta de manipulações e perigos, travando com Brenner uma guerra em que a mente humana é o campo de batalha. E sua única chance de vitória reside em uma menininha com poderes sobre-humanos e um número no lugar do nome. Obra oficial de Stranger Things, Raízes do mal expande o universo da série, aprofundando a trama, e volta no tempo para explicar como os destinos de Terry, Brenner, Eleven e Eight se cruzaram pela primeira vez.


Era da Destruição - Parte 1, Jeff Lemire
Série Black Hammer Vol. 3

Ao unir elementos de grandes clássicos dos quadrinhos, tramas únicas e personagens complexos, Black Hammer se tornou uma das HQs mais bem-sucedidas dos últimos tempos. Vencedora do prestigiado Eisner Awards, a história dos cinco heróis decadentes que se veem presos em uma cidade fora dos limites do tempo — e de suas tentativas de escapar desse purgatório — conquistou muitos fãs no Brasil e no mundo. Ao vencerem o poderoso e maligno Antideus, os maiores heróis de Spiral City desapareceram sem deixar vestígios. Todos acreditam que eles estão mortos, mas há dez anos vivem isolados em uma pacata fazenda, relegados ao esquecimento e à melancolia de dias sem glória. Obrigados a disfarçar seus poderes, sua natureza e suas origens aos olhos dos habitantes locais, eles personificam uma típica família disfuncional, tentando criar para si uma vida comum, mas que ainda é atormentada pelos mistérios que envolvem sua chegada e sua permanência na cidade. O terceiro volume reúne os cinco primeiros fascículos de Era da destruição. Nesta primeira parte, grandes segredos começam a ser revelados quando os ex-heróis recebem uma visita inesperada que tanto pode lhes mostrar o caminho para casa, como ser um prenúncio do caos e da destruição que estão por vir. Criada por Jeff Lemire e Dean Ormston, a série Black Hammer é uma história arrebatadora sobre memória, família, o peso do passado e o medo do futuro.


Why Not,  Raquel Landim
O Brasil assistiu nos últimos anos ao rápido crescimento da JBS, que, nas mãos dos irmãos Wesley e Joesley Batista, saiu da condição de pequena empresa familiar para transformar-se em gigante mundial. Já no auge do sucesso, Joesley trocou seu iate Blessed (“Abençoado”, em inglês) por um novo e maior, que batizou de Why Not (“Por que não?”). O sugestivo nome parecia indicar os rumos que os irmãos estavam dispostos a percorrer. Por que não subornar políticos para aprovar leis que favorecessem a empresa? Por que não crescer contando com atalhos e privilégios de uma rede estatal de benefícios? Por que não gravar políticos, clandestinamente e em situações comprometedoras, tendo em vista uma possível delação premiada? Narrando esse caso no ritmo de um thriller político e empresarial, após dois anos de apuração e mais de uma centena de entrevistas, a jornalista Raquel Landim remonta em Why Not a história da JBS desde sua origem até os bastidores da negociação do polêmico acordo de colaboração premiada, que garantiria imunidade judicial aos irmãos Batista apesar de seus crimes. Com inegável talento para negócios, Wesley e Joesley perceberam desde cedo que poderiam crescer ainda mais se contassem com a ajuda do governo, mesmo que para isso tivessem que adotar métodos nada convencionais, dando início ao que se tornaria um dos maiores esquemas de corrupção já descobertos em uma empresa privada brasileira. Todos os detalhes desta incrível história os leitores acompanharão em Why Not como se fossem um observador invisível no submundo do poder e da ganância.

20 maio 2019

Resenha - Rainha do ar e da escuridão, Cassandra Clare


Livro: Rainha do ar e da escuridão (After #3)
Autor(a): Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 742
Adquira: Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora
Sangue inocente foi derramado nos degraus do Salão do Conselho, e o mundo dos Caçadores de Sombras se encontra à beira de uma guerra civil. Parte da família Blackthorn foge para Los Angeles, em uma tentativa de descobrir a origem da doença que está acabando com os bruxos. Enquanto isso, Julian e Emma tomam medidas desesperadas e embarcam em uma perigosa missão para o Reino das Fadas a fim de recuperar o Volume Negro dos Mortos. O que encontram é um segredo capaz de destruir o Mundo das Sombras e abrir um caminho tenebroso para um futuro que nunca poderiam ter imaginado. Em uma corrida contra o tempo, Emma e Julian devem salvar o mundo dos Caçadores de Sombras antes que o poder mortal da maldição parabatai destrua tudo o que amam.


ESSA RESENHA NÃO POSSUI SPOILER DOS LIVROS ANTERIORES.


O universo dos Caçadores de Sombras é cheio de heróis que, em circunstâncias menos mortais, seriam apenas adolescentes inconsequentes. E os Artifícios das Trevas está cheio deles. Cada um com seu mundinho de problemas, que corre em paralelo a eminente batalha que vem destruindo a Clave de dentro para fora. Narrado em terceira pessoa, acompanhamos umas dez problemáticas simultâneas, deixando a história acelerada desde o início. Acontece tanta coisa, que existem três clímax! Só não consigo dizer que não senti as 750 páginas. Faz anos que li algo da Cassandra Clare e a evolução de sua narrativa ficou clara, mas ainda é muito detalhista.

18 maio 2019

Resenha - Uma Coisa Absolutamente Fantástica, Hank Green


Livro: Uma Coisa Absolutamente Fantástica
Autor(a): Hank Green
Editora: Seguinte
Páginas: 344
Adquira: Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora
Enquanto volta para casa depois de trabalhar até de madrugada, a jovem April May esbarra numa escultura gigante. Impressionada com sua aparência — uma espécie de robô de três metros de altura —, April chama seu amigo Andy para gravar um vídeo sobre a aparição e postar no YouTube. No dia seguinte, a garota acorda e descobre que há esculturas idênticas em dezenas de cidades pelo mundo, sem que ninguém saiba como foram parar lá. Por ter sido o primeiro registro, o vídeo de April viraliza e ela se vê sob os holofotes da mídia mundial. Agora, April terá de lidar com os impactos da fama em seus relacionamentos, em sua segurança, e em sua própria identidade. Tudo isso enquanto tenta descobrir o que são essas esculturas — e o que querem de nós. Divertida e envolvente, essa história trata de temas muito relevantes nos dias atuais: como lidamos com o medo e o desconhecido e, principalmente, como as redes sociais estão mudando conceitos como fama, retórica e radicalização.


Nesse livro conhecemos o autor Hank Green que começou fazendo vídeos no YouTube com seu irmão John Green e até hoje trabalha numa produtora especializada em conteúdo educacional para o YouTube, nesse livro de estreia ele nos traz um pouco desse universo das mídias sociais e videos.

April May é uma garota comum com seus vinte e poucos anos lutando para ser bem sucedida no seu trabalho como desing em Nova York. Um dia quando voltava de mais um dia longo e cansativo de trabalho ela se depara com uma escultura de um Robô Gigante e percebe que era realmente incrível aquilo estar ali naquela hora, por isso ela resolve ligar para seu melhor amigo e youtuber Andy com o intuito de criar um vídeo falando dessa novidade. O que April May não esperava era que esse vídeo iria ser um grande sucesso no mundo todo, pois o robô, apelidado de Carl, apareceu em todos os países exatamente ao mesmo tempo e ninguém tem a minima ideia de quem ou o que o colocou ali. Diante dessa situação April e Andy começam a ser convidados por programas de tv para falar sobre o ocorrido já que foram os primeiros a ter contato direto com o robô.

16 maio 2019

Resenha - Uma Mulher na Escuridão, Charlie Donlea


Livro: Uma mulher na escuridão
Autor(a): Charlie Donlea
Editora: Faro
Páginas: 304
Adquira: Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora
Ao limpar o escritório de seu pai, falecido há uma semana, a investigadora forense Rory encontra pistas e documentos ocultados da justiça que a fazem mergulhar num caso sem solução ocorrido 40 anos atrás. No verão de 1979, cinco mulheres de Chicago desapareceram. O predador, apelidado de Ladrão, não deixou nenhum corpo ou pista — até que a polícia recebeu um pacote enviado por uma mulher misteriosa chamada Angela Mitchell, cujas habilidades não-ortodoxas de investigação levaram à sua identidade. Mas antes que a polícia pudesse interrogá-la, Angela desapareceu. Agora, Rory descobre que o Ladrão está prestes ser posto em liberdade condicional pelo assassinato de Angela: o único crime pelo qual foi possível prendê-lo. Sendo um ex-cliente de seu pai, Rory reluta em representar o assassino, que continua afirmando não ser o assassino de Angela. Agora o acusado deseja que Rory faça o que seu pai prometeu: provar que Angela ainda está viva. Enquanto Rory começa a reconstruir os últimos dias de Angela, outro assassino emerge das sombras, replicando o mesmo modus operandi daqueles assassinatos. A cada descoberta, Rory se enreda mais no enigma de Angela Mitchell, e na mente atormentada do Ladrão.Traçar conexões entre passado e presente é a única maneira de colocar um ponto final naquele pesadelo, mas até Rory pode não estar preparada para a verdade...


Rory Moore é uma investigadora forense, conhecida por suas habilidades na reconstituição de crimes não solucionados. Sua forma de atuar é peculiar. Ela não atende ou retorna ligações, não cumpri horários e não tolera a invasão de seu espaço pessoal. Mas sua capacidade de investigar cada caso ao qual se propõe reconstituir e descobrir o que aconteceu a cada vitima é brilhante, motivo pelo qual seus serviços são desejados por muitos. Porém, seus casos são escolhidos a dedo.

Quando recebe a notícia da morte de seu pai, Rory precisa retornar ao escritório de advocacia da família para finalizar os últimos casos sob responsabilidade de Frank Moore e redirecionar os processos ainda em andamento. No entanto, antes de encerrar as atividades do escritório, um antigo caso a intriga. Seu pai trabalhou 40 anos para um cliente em especial, um homem apelidado de “Ladrão”.

14 maio 2019

Lançamentos da Faro Editorial (Maio/ 2019)


Uma mulher na escuridão, Charlie Donlea
Ao limpar o escritório de seu pai, falecido há uma semana, a investigadora forense Rory encontra pistas e documentos ocultados da justiça que a fazem mergulhar num caso sem solução ocorrido 40 anos atrás. No verão de 1979, cinco mulheres de Chicago desapareceram. O predador, apelidado de Ladrão, não deixou nenhum corpo ou pista — até que a polícia recebeu um pacote enviado por uma mulher misteriosa chamada Angela Mitchell, cujas habilidades não-ortodoxas de investigação levaram à sua identidade. Mas antes que a polícia pudesse interrogá-la, Angela desapareceu. Agora, Rory descobre que o Ladrão está prestes ser posto em liberdade condicional pelo assassinato de Angela: o único crime pelo qual foi possível prendê-lo. Sendo um ex-cliente de seu pai, Rory reluta em representar o assassino, que continua afirmando não ser o assassino de Angela. Agora o acusado deseja que Rory faça o que seu pai prometeu: provar que Angela ainda está viva. Enquanto Rory começa a reconstruir os últimos dias de Angela, outro assassino emerge das sombras, replicando o mesmo modus operandi daqueles assassinatos. A cada descoberta, Rory se enreda mais no enigma de Angela Mitchell, e na mente atormentada do Ladrão.Traçar conexões entre passado e presente é a única maneira de colocar um ponto final naquele pesadelo, mas até Rory pode não estar preparada para a verdade...

12 maio 2019

Resenha - O Caso da Mansão Deboën, Edgar Cantero


Livro: O Caso da Mansão Deboën
Autor(a): Edgar Cantero
Editora: Intrínseca
Páginas: 352
Adquira: Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora
Eles se conheceram na infância, nas férias em Blyton Hills - a cidade debruçada no lago mais enigmático que uma criança poderia imaginar. Anos depois, Andy é uma mulher extremamente solitária e sente que não se encaixa em lugar algum; Kerri busca consolo para seus medos e complexos na bebida; Nate se interna voluntariamente em hospitais psiquiátricos e tem a constante companhia do fantasma de Peter, o amigo que se tornara um astro de Hollywood mas morreu de overdose. Nenhum dos quatro podia imaginar que seu futuro seria fadado ao fracasso por conta de uma aventura adolescente envolvendo a Mansão Deboën. Mais de uma década antes, em 1977, eles eram apenas quatro jovens inquietos, acompanhados de um simpático cachorro, quando foram até o lago da cidade de Blyton Hills para desvendar um mistério. Em vez de monstros assustadores e espíritos vingativos, o Clube dos Detetives de Blyton, como eles se intitulavam, descobriu que tudo não passava da tramoia de um criminoso fantasiado. Mas o que eles viram e ouviram naquele dia jamais deixa de aterrorizá-los. Com a vida estagnada e imersa em um caos insuportável, Andy se convence de que é preciso enfrentar o passado que não os permite seguir em frente. O grupo então se reúne para tentar entender o que realmente aconteceu naquele fatídico verão e, desta vez, terão certeza de que a resposta é muito mais macabra e perigosa do que imaginavam. Uma narrativa que celebra a nostalgia dos anos 1990, a amizade e os fantasmas (reais ou não) que precisamos enfrentar para superar maldições e maus agouros, O Caso da Mansão Deboën une doses do terror consagrado por H.P. Lovecraft ao humor sagaz das clássicas histórias de detetives juvenis, popularizadas por produções como Scooby-Doo.



Neste livro com uma pegada bem Scooby Doo conhecemos um grupo de adolescentes que em suas férias de verão se reúnem em uma pequena cidade, Blyton Hills, para solucionar pequenos casos. Seu último caso foi na Mansão Deboën no anos de 1977 onde  tiveram uma experiencia nem um pouco agradável, que mudou para sempre suas vidas.

Treze anos depois de tudo o que aconteceu e após terem ficados tanto tempo separados, eles se juntam com o intuito de retornar a cidade e refazer seus passos, acreditando que ainda permanece algo em aberto nesse caso. Ao voltar para a cidade, eles descobrem que há muitas peças faltando e que talvez o perigo esteja nas profundezas do Lago Adormecido que rodeia a Mansão Deboën e dessa vez talvez não seja apenas um homem fantasiado de monstro mas algo muito mais assustador e perigoso.

Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥