03 agosto 2020

Resenha - 1793, Niklas Natt Och Dag


Livro: 1793
Autor(a): Niklas Natt Och Dag
Editora: Intrínseca
Páginas: 432
Adquira: Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora

Em seu romance de estreia, o sueco Niklas Natt och Dag cria um retrato vívido da sombria Estocolmo do final do século XVIII. Estamos no outono de 1793. Logo pela manhã, ainda de ressaca, o sentinela Mickel Cardell é alertado sobre um corpo que foi encontrado flutuando nas águas fétidas do lago da Ucharia. Os esforços para identificar o cadáver totalmente mutilado são confiados ao incorruptível advogado Cecil Winge, que pede a ajuda de Cardell para resolver o caso. O tempo, no entanto, é curto: a saúde de Winge é frágil, a situação política do país, instável e, pelas esquinas, proliferam paranoia, violência e conspirações. Winge e Cardell mergulham nas sarjetas de um mundo brutal de ladrões, mercenários e aristocratas corrompidos. De um filho de fazendeiro percorrendo um caminho traiçoeiro ao procurar fortuna na capital a uma jovem órfã enviada para uma casa de correção por um pároco impiedoso, a complexa investigação passará pelas muitas camadas de uma sociedade corrupta. Ricos e pobres, bons e maus, vivos e mortos: o cadáver retirado do lago pode comprometer e fundir todos esses mundos. Ousado e brilhante, 1793 é um noir histórico eletrizante que, a cada página, torna-se ainda mais perturbador.



Resenha  Era dia, mas Mickel Cardell ainda estava bêbado quando foi abordado por duas crianças. Elas alegavam ter visto um cadáver boiando em um rio putrefato perto dali. Sendo uma região usada como descarte por diversos abatedouros, Cardell só acreditou no que de fato era, quando arrastou um corpo mutilado para beira do rio.

01 agosto 2020

Livros com narrativas infantis

Narrativas infantis sempre trazem histórias emocionantes e com muito aprendizado. Diferente da perspectiva de personagens adultos, elas mostram uma visão mais objetiva, ingênua e sincera dos acontecimentos. Eu sempre aprendo muito com esses livros, e é por isso que selecionei alguns títulos para indicar para vocês.



Vamos à lista:

📖 Vejo você no espaço – Alex tem 11 anos e é apaixonado pelo espaço sideral. Seu sonho é construir um foguete e enviar seu ipod para o espaço, assim como seu astrônomo favorito um dia fez. Para além da fantasia infantil, esse livro fala sobre negligência, amizade e a importância da família como base para o crescimento.

📖 Passarinha – Kathleen tem 10 anos e é portadora da Síndrome de Asperger. Após a morte de seu irmão mais velho, ela tenta encontrar o desfecho que sua família merece. Esse é um dos livros mais delicados que já li. Fala sobre luto e sobre lidar com o diferente ao entendermos sobre a percepção de Kate sobre o mundo e sobre a vida.

📖 Ecos – Considerado um conto de fadas dark, Ecos possui três contos emocionantes que se interligam pelo poder transformador da música e pelo sonho juvenil. Esse é um livro que parte o coração em muitos momentos, ao mesmo tempo em que restaura.

📖 Pax – A amizade entre um menino e sua raposa em meio aos perigos da guerra é o pano de fundo dessa obra que emociona desde a primeira página.

📖 Extraordinário - Auggie nasceu com uma deformidade facial e precisará lidar com todo o preconceito a sua volta. Sua jornada mostrará que independente do exterior, somos todos iguais: humanos e imperfeitos.

📖 Quarto – O mundo de Jack se resume ao quarto em que nasceu e cresceu com a mãe. Ao fugirem desse cativeiro, ele descobrirá a extensão do que existe lá fora. Esse é um livro angustiante e com gatilhos, mas com um olhar inocente em uma história emocionalmente pesada.

📖 Passarinho – Joia tem 12 anos e cresceu em um lar assolado pela tristeza e pelo silêncio. Seu nascimento foi marcado pela trágica morte de seu irmão, e seu avô não fala uma palavra desde aquele fatídico dia. Esse livro fala sobre solidão, palavras não ditas e amizade.

Incluiriam algum outro livro nessa lista? Vamos conversar!


27 julho 2020

Resenha - As outras pessoas, C. J. Tudor


Livro: As outras pessoas
Autor(a): C.J. Tudor
Editora: Intrínseca
Páginas: 304
Adquira: Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora

Uma menina pálida em um quarto branco. Mãe e filha em fuga, numa corrida desenfreada e sem destino. Uma garçonete de beira de estrada aprisionada na monotonia dos seus dias. E um pai que perde esposa e filha de maneira brutal e sem explicação. As histórias que se entrelaçam em "As outras pessoas" são peças de mais um quebra-cabeça sombrio e cheio de mistérios criado pela escritora C. J. Tudor. Gabe é o pai desesperado que, consumido por uma esperança doentia, conduz a trama do livro enquanto guia seu carro pelas estradas em busca da filha. Ela, assim como a mãe, foi dada como morta num crime não solucionado. Mas ele tem certeza de que não foi bem assim. Apesar de todas as provas que o contrariam, o homem que fez da angústia sua melhor amiga jura ter visto a filha viva em um carro desconhecido, parado à sua frente num engarrafamento logo antes de voltar para casa na noite em que perdeu sua família. Três anos depois, Gabe não tem rumo. Continua dirigindo obsessivamente pelas rodovias, tentando encontrar um caminho que o leve à solução do mistério. Mas é longe da estrada, nos cantos mais obscuros e doentios da internet, que ele acaba encontrando as pistas que tanto procura. Quem navega pela deep web sabe dos riscos, mas ele não se importa. Quem não tem nada na vida não tem nada a perder. Assim como uma encruzilhada depois da curva, as várias histórias dessa trama se sobrepõem quando menos se espera e de forma surpreendente. Porque mesmo uma garçonete desencantada e entediada pode guardar informações que ninguém imagina. As figuras mais isoladas e enigmáticas podem um dia se converter em grandes aliados. Os personagens à margem da sua vida podem ser mais relevantes do que parecem. E os limites que separam o bem e o mal podem ser apenas pontos de vista diferentes.


Nunca  é fácil perder alguém que se ama, mas o vazio deixado quando eles lhe são abruptamente arrancados, pode te levar a um caminho sem volta.

Gabe tem certeza do que viu! Em uma rodovia à quilômetros de casa, sua filha estava dentro de um carro estranho, tão viva que o reconheceu. ‘Papai’, ele pode ler em seus lábios, antes que o veículo desaparece naquele emaranhado de buzinas. Mas sua certeza não serve de nada quando todas as provas apontam o contrário. Seu sogro as reconheceu, filha e neta, mortas dentro de casa. O crime não solucionado contribuiu para que sua esperança permanecesse viva e, três anos depois, ele continua dirigindo por aquela rodovia tentando reencontrar sua filha.

22 julho 2020

Meu Romance Favorito na Literatura

mybest Brasil me convidou para contar qual o meu romance favorito em um artigo muito especial.

Diferente das listas de DISTOPIA, LGBT e FANTASIA que já falei por aqui, dessa vez, as indicações foram selecionadas por 10 influenciadoras literárias diferentes, cada uma com seu romance queridinho na literatura. Então, preparem-se pois tem muita dica boa por lá.

Apesar da escolha difícil, eu não poderia deixar de incluir Crepúsculo nessa lista, né! Vocês sabem o quanto esse romance faz parte da minha história como leitora, mas eu falo mais sobre isso no site da mybest Brasil.


Para conferir o artigo completo no site da mybest Brasil, basta clicar aqui. Além desse artigo, lá vocês encontrarão diversas outras listas com os temas mais variados. 

Agora me conta qual seu romance favorito na literatura? Vou adorar saber.


10 julho 2020

Resenha - Verity, Colleen Hoover


Livro: Verity
Autor(a): Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 320
Adquira: Amazon | Submarino | Livraria Cultura
Livro cedido através da parceria com a editora

O amor é capaz de superar a pior das verdades?
Verity Crawford é a autora best-seller por trás de uma série de sucesso. Ela está no auge de sua carreira, aclamada pela crítica e pelo público, no entanto, um súbito e terrível acidente acaba interrompendo suas atividades, deixando-a sem condições de concluir a história... E é nessa complexa circunstância que surge Lowen Ashleigh, uma escritora à beira da falência convidada a escrever, sob um pseudônimo, os três livros restantes da já consolidada série. Para que consiga entender melhor o processo criativo de Verity com relação aos livros publicados e, ainda, tentar descobrir seus possíveis planos para os próximos, Lowen decide passar alguns dias na casa dos Crawford, imersa no caótico escritório de Verity – e, lá, encontra uma espécie de autobiografia onde a escritora narra os fatos acontecidos desde o dia em que conhece Jeremy, seu marido, até os instantes imediatamente anteriores a seu acidente – incluindo sua perspectiva sobre as tragédias ocorridas às filhas do casal. Quanto mais o tempo passa, mais Lowen se percebe envolvida em uma confusa rede de mentiras e segredos, e, lentamente, adquire sua própria posição no jogo psicológico que rodeia aquela casa. Emocional e fisicamente atraída por Jeremy, ela precisa decidir: expor uma versão que nem ele conhece sobre a própria esposa ou manter o sigilo dos escritos de Verity?

Verity Crawford é autora best-seller de uma série de suspense. Seus livros, escritos pela perspectiva do vilão, são aclamados pela crítica e pelo público, que anseiam por cada lançamento. Até que, uma tragédia a impossibilita de continuar escrevendo.

Por questões contratuais, a editora sugere que uma nova autora, com experiência no gênero, concluia a história sob um pseudônimo. E é Lowen Ashleigh, uma autora quase falida a escolhida para escrever a sequência desse fenômeno literário.

25 junho 2020

Resenha - Feitos de Sol, Vinícius Grossos


Livro: Feitos de Sol
Autor(a): Vinícius Grossos
Editora: Faro
Páginas: 256
Adquira: Amazon | Submarino | Shoptime
Livro cedido através da parceria com a editora

E se você soubesse que o mundo está prestes a acabar, qual seria o último momento que você gostaria de guardar para sempre? E se fosse sua última chance de seguir seu coração e descobrir um mundo novo de possibilidades? E se você encontrasse o verdadeiro amor prestes a enfrentar o bug do Milênio? Essas eram algumas das dúvidas que Cícero tinha em mente, no auge de seus 15 anos e prestes a vivenciar a virada dos anos 2000. Mas tudo isso mudou no instante em que Vicente atravessou o seu caminho e colocou tudo de pernas para o ar. A Faro Editorial lança em julho “Feitos de Sol”, o novo romance de Vinicius Grossos, um dos mais amados autores nacionais de YA. Vinícius incluiu nesta obra cenas que ele próprio viveu: a luta por aceitação em um lar religioso e o medo do fim do mundo. Neste romance, vamos acompanhar os planos finais de dois meninos que viram suas vidas se entrelaçarem quando um grande desastre estava prestes a acontecer. Vicente, um jovem reprimido por uma família extremamente religiosa e conservadora. Cícero, um garoto criado apenas pela mãe com muito carinho, mas com enormes dúvidas quanto ao seu papel no mundo. Unidos pelo destino em busca da última edição de uma revista da qual eram fãs, Vicente e Cícero vão descobrir o valor da amizade e do primeiro amor, o peso do ódio e do preconceito, e meio a momentos inesquecíveis em uma das décadas mais fantásticas: os anos 90. Um a história delicada e divertida sobre o primeiro amor e suas consequências.


Aos quinze anos, Cicero não tem muitas preocupações. Sua mãe é sua melhor amiga e a relação deles é a melhor que qualquer um poderia desejar. Sua amizade com Karol - uma amizade com benefícios, por assim dizer - segue fluindo normalmente e sua série de quadrinhos favorita, Under Hero, está prestes a lançar o seu volume final.

O ano é 1999 e Cícero acredita que o Bug do Milênio está prestes a acontecer, com a virada para o ano 2000. O garoto tem a certeza de que isso trará o fim do mundo, já que os computadores não entenderão a nova data e dispararão todos os mísseis existentes, destruindo tudo ao seu alcance.

22 junho 2020

Resenha - Black Hammer: Era da Destruição II, Jeff Lemire


Livro: Era da Destruição - parte II (#04)
Autor(a): Jeff Lemire
Editora: Intrínseca
Páginas: 192
Adquira: Amazon | Submarino | Cultura | Americanas
Livro cedido através da parceria com a editora


Criada por Jeff Lemire e Dean Ormston, a premiada série Black Hammer conquistou o público e a crítica ao unir elementos de grandes clássicos dos quadrinhos, tramas únicas e personagens complexos. Sucesso inquestionável, agora a intensa jornada se encaminha para o desfecho, quando finalmente vamos descobrir o que aconteceu com os maiores heróis de Spiral City.






Dez anos atrás, quando salvaram Spiral City das ameaças do ANTIDEUS, Abraham Slam, Menina de Ouro, Barbalien, Joseph Weber e Madame Libélula foram considerados mortos. Os corpos, jamais foram encontrados, o que levou a crer que se desintegraram durante a batalha. Mas a verdade, é que nossos heróis foram misteriosamente transportados para um mundo prisão, onde por anos precisaram esconder a própria identidade até encontrar uma maneira de retornar.

No terceiro volume da série, a verdade relacionada ao mundo prisão é revelada, trazendo consigo segredos dolorosos para nossos ex-heróis. Agora, eles querem uma nova chance de retornar a antiga vida e enfrentar o ANTIDEUS. No entanto, alguns desejos podem colocar em perigo o equilíbrio do mundo. Estariam eles dispostos a correr o risco?

E chega ao fim a jornada de nossos heróis! Quando descobri que esse era o último volume de Black Hammer, comecei a leitura tomada de emoções. Afinal, ao mesmo tempo em que ansiava por conhecer o desfecho para esses personagens, não queria me despedir. E talvez tenha sido esse o motivo da minha surpresa quando me vi tão perdida ao iniciar essa HQ, que imaginei que traria todas as respostas que eu aguardava, contudo, o autor seguiu por um caminho inesperado, nos mostrando uma nova realidade alternativa para nossos personagens. Escolha essa que me deu a sensação de permanecermos dando voltas na história, sem sair do lugar.

E eu não estava enganada! Quando todas as informações se conectam, nossos heróis são colocados à prova mais uma vez, frente a uma escolha que influenciará suas vidas e o destino de Spiral City. Depois de dez anos vivendo uma ilusão, qual será a melhor escolha?

Terminei essa leitura com a sensação de: eles mereciam mais, no entanto, após dias absorvendo todas as opções que Lemire nos apresenta durante esses quatro volumes, percebi que não havia alternativas e que a história criada pelo autor ia muito além de merecimento e compreensão.

Com muito suspense, ação e mistério, o autor construiu uma história de heróis que deixarão saudade, e inseriu em seu enredo elementos como altruísmo, amizade, amor e família.



Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥