28 julho 2022

Resenha - Os cem anos de Lenni e Margot, Marianne Cronin



Livro: Os cem anos de Lenni e Margot
Autor(a): Marianne Cronin
Editora: Planeta
Páginas: 352
Adquira: Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora

Uma amizade extraordinária. Cem anos de histórias prestes a serem contadas... antes que seja tarde demais. Lenni é uma adolescente de dezessete anos, dona de uma personalidade especial e de muito carisma. Pode-se dizer que é uma garota cheia de vida... exceto que, segundo os médicos, ela está à beira da morte. Como um modo de preencher seus dias no hospital em que está internada e sozinha - e de cumprir uma aposta feita com o padre da capela -, Lenni começa a frequentar aulas de arte terapêutica. E é então que conhece Margot, uma senhora de oitenta e três anos, doce e de coração rebelde como o de Lenni. A conexão entre elas é intensa e imediata, e as duas percebem uma peculiaridade: juntas, têm um século de vida! Para celebrar esses cem anos que compartilham, decidem montar uma exposição de cem pinturas. Em cada uma, retratam uma memória importante dos anos que viveram. Histórias de paixão, juventude, amadurecimento, alegria, afeto, de quando se encontra em alguém o amor de sua vida. Histórias que merecem, sempre, ser compartilhadas.


Lenni, uma adolescente de 17 anos, está internada em um hospital, em Glasgow, na Escócia, onde foi diagnosticada com uma doença terminal e com poucos meses de vida. Contrariando as orientações médicas, Lenni começa a frequentar as aulas de pintura terapêutica que estão acontecendo dentro do hospital. Nessas aulas, ela conhece Margot, uma senhora de 83 anos, que já viveu muitas coisas e que está internada com problemas cardíacos. Uma grande amizade surge entre duas gerações tão diferentes. Elas combinam de pintar quadros com os acontecimentos mais importantes da vida delas porque percebem que, juntas, elas somam 100 anos.

Elas vão pintar 100 quadros que representam cada ano de suas vida. À medida em que elas vão pintando esses quadros, elas contam sobre suas vidas naquele ano em que está sendo retratado no quadro. Lenni sozinha, sem amigos e família, sem amor e triste, mas que aos poucos, vamos comhecendo a relação difícil com seus pais. E temos Margot em sua juventude pós-guerra, sua relação com a amiga Mina que vai ser importante para ela e de outras pessoas e em como a vida a levou a partir de suas escolhas. Também acompanhamos a amizade de Lenni com Padre Artur.

Alguns trechos da história me marcaram, como as conversas que Lenni tem com Padre Artur quando vai visitá-lo na capela do hospital. Lenni sempre atormentando-o com perguntas e ele, um homem doce, tendo toda a paciência do mundo com ela. Senti falta de uma explicação sobre que tipo de doença Lenni para ser uma paciente terminal e também da presença dos pais dela, mesmo sendo explicado um pouco da ausência do pai. Senti a Lenny largada no hospital. Uma história que trata sobre a espera da morte, mas também uma reflexão sobre o que faz a vida valer a pena e que fala também sobre sentimentos, perdas, doenças, separações.



 


22 julho 2022

Lançamento - Ceo da Gravata Cinza, Mari Sales

Oi gente, hoje eu trago uma dica de um romance para ler em um dia, leve, divertido e com a pitada hot que amamos. eBook disponível na Amazon.

Confiram mais detalhes sobre a premissa do livro e sobre a autora


Livro: Ceo da Gravata Cinza
Autor(a): Mari Sales
Editora: Independente
Páginas: 95
Adquira: Amazon

O milionário Heitor Ferraço decidiu tirar férias depois de muitos anos focado apenas no trabalho. Ele planejava relaxar e aproveitar as festas no resort, talvez encontrar uma companhia para uma noite intensa de luxúria. Seus planos foram frustrados quando conheceu a tímida Brenda Almeida. Ela seria perfeita se não atraísse acontecimentos inusitados – e um tanto desastrosos. Ambos estavam de férias e dispostos a aproveitar o encontro casual. A conexão tinha sido instantânea e Heitor encarou os acidentes como um desafio. Mesmo que Brenda preferisse não ter uma segunda vez, eles compartilhariam desejos secretos e atrairiam risadas, que poderiam durar mais do que uma semana.





Mari Sales é conhecida pelos dedos ágeis, coração aberto e disposição para incentivar as amigas. Envolvida com a Literatura Nacional desde o nascimento da sua filha em 2015, escutou o chamado para escrever suas próprias histórias e publicou seu primeiro conto autobiográfico em junho de 2016, "Completa", firmando-se como escritora em janeiro de 2017, com o livro "Superando com Amor". Filha, esposa e mãe de dois, além de ser formada em Ciência da Computação, com mais de dez anos de experiência na área de TI, dedica-se exclusivamente à escrita desde julho de 2018, criou o DesafioMariSales para incentivar escritores em 2019 e publicou mais de 100 títulos na Amazon entre contos, novelas e romances.


 

15 julho 2022

Resenha - Você ligou para o Sam, Dustin Thao



Livro: Você ligou para o Sam
Autor(a): Dustin Thao
Editora: Alt
Páginas: 336
Adquira: Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora

O que você faria se tivesse uma segunda chance de dizer adeus? A jovem de dezessete anos Julie Clarke tinha toda a sua vida planejada ao lado do namorado, Sam. Mas ele morre em um acidente de carro e tudo perde o sentido. Devastada pela dor, ela começa a se livrar de todas as coisas dele e enterrar as memórias que dividiam. Mas Julie decide que precisa ouvir a voz do namorado pela última vez, nem que seja a mensagem gravada da caixa postal. Por isso, Julie liga para ele. E Sam atende. A conexão é temporária, mas ouvir a voz de Sam faz com que Julie se apaixone por ele novamente ― e a cada chamada fica mais difícil deixá-lo ir. No entanto, manter as ligações sobrenaturais com Sam em segredo não é fácil, especialmente quando Julie testemunha o sofrimento da família dele. Só que Julie também sabe que contar a verdade seria arriscar a conexão e perdê-lo para sempre.

Julie namora Sam há 3 anos e eles vivem um amor lindo e profundo onde ambos se completam. Só que em uma noite, Sam está a caminho para pegar Julie na estação de trem, quando sofre um acidente e morre. Julie fica devastada. Não vai ao funeral, no enterro, nas celebrações que são feitas em homenagem a Sam e, inclusive, até se afasta da família dele. Ela passa por um processo de luto muito forte porque ela tinha planejado todo um futuro com Sam: estudar e morar juntos em outra cidade e viajar no verão para o Japão.

Após uma semana do falecimento de Sam, Julie se desfaz de uma caixa com todos os pertences e das lembranças dele que estão em sua casa. Em um momento de profunda saudade de Sam, Julie resolve ligar para o celular dele para, quem sabe, cair na caixa de mensagens e ouvir sua voz. E, para sua surpresa, Sam atende. Por um tempo, eles conseguem manter contato. Nas ligações, Julie conta sobre seu dia a dia, seus sentimentos, como as pessoas a veem e a tratam após o acidente. No entanto, ela não pode falar sobre essas ligações com ele para ninguém, principalmente, com a família dele. Caso conte a alguém, ela poderá perdê-lo para sempre.

Uma história que fala sobre a dor de perder alguém que ama. Em uma narrativa sensível, o autor soube demonstrar muito bem os sentimentos dos personagens e de uma forma muito verdadeira. Uma reflexão muito interessante que achei nesse livro foi que as pessoas partem e deixam saudades sim, mas temos que saber lidar também com as pessoas que ainda estão ao nosso lado. Ressignificar os sentimentos e poder guardar todos os momentos marcantes e lindos sem precisar esquecer a pessoa. Confesso que o final do livro me deixou devastada e chorei, chorei, chorei. Fiquei pra baixo alguns dias sempre que lembrava deles dois. Achei lindo o crescimento da Julie e, principalmente, me apaixonei pelo Sam, com a forma como ele tratou a Julie, a sinceridade dele, o amor lindo que mesmo ausente ele tem por ela.


 


05 julho 2022

Resenha - Depois da Caixa Preta, Rafael Weschenfelder + Sorteio

 


No último vídeo que liberei no canal falei de Depois da caixa preta, novo livro do autor Rafael Weschenfelder. A obra fala de um reality show sombrio, chips cerebrais e manipulação. E o melhor, tem sorteio para vocês. Confiram!


2 MESES GRATIS DE KINDLE UNLIMITED

A promoção de 2 meses de Kindle Unlimited grátis voltou!

Para assinar, clique aqui





Aproveite 2 meses grátis de Kindle Unlimited.
● Tenha acesso ilimitado a mais de 1 milhão de eBooks.
● Explore nossa seleção de revistas.
● Leia em qualquer lugar e em qualquer dispositivo com o App Kindle.

01 julho 2022

Resenha - Miragem, Cláudio Sérgio Teixeira Alves


 
Livro: Miragem
Autor(a): Cláudio Sérgio Teixeira Alves
Editora: Autografia
Páginas: 320
Adquira: Martins Fontes


Uma jovem de invulgar beleza é encontrada morta no interior de uma residência. O suspeito do homicídio, um respeitável senhor de provecta idade, ao invés de fugir, retorna ao local e entra em confronto com os policiais militares presentes. Após uma vida inteira desperdiçada na busca de bens materiais, será possível recomeçar a própria existência? Se possível, vale o preço a ser pago?


Suspense, investigação e dramas familiares, esses são alguns dos elementos que encontraremos em Miragem, romance de estreia do autor @claudio.sergio.1974 lançado pela Editora Autografia.

Nessa obra acompanharemos o misterioso caso de assassinato da jovem Tarsila, de 22 anos. A principal suspeita do crime é seu amante, um senhor de 70 anos, que retorna ao local onde deu fim a vida jovem e é assassin@do depois de um “confronto” com a polícia. Todas as pistas apontam para um crime passional, principalmente quando constatada a diferença de idade do casal, bem como a fortuna do empresário aposentado. Mas qual será a verdade deste caso? Estaria a polícia deixando escapar algum detalhe importante?

Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥