12 maio 2022

Resenha - Tithe, Holly Black




 Livro: Tithe (Contos de Fadas Modernos #1)
Autor(a): Holly Black
Editora: Galera Record
Páginas: 252
Adquira: Amazon


Kaye tem dezesseis e está de saco cheio de se mudar. As ações inconsequentes de sua mãe fazem com que mais uma vez precise deixar a cidade onde mora e, desta vez, retornar para onde morou durante sua infância, de volta para a casa da avó. A única luz é poder se reencontrar com a melhor amiga, Janet, e torcer para que os seus amigos encantados de infância apareçam para visitá-la. Mas duas semanas se passam e nada de aparições de fadas. Será que foram apenas frutos de sua imaginação? Será que ela passou da idade e não é mais divertida para eles? Porém um encontro inesperado em uma floresta escura colocará tudo que pensou saber em cheque. Kaye não é mais uma criança e o mundo das fadas se mostrará muito longe de ser um lugar para brincadeiras. Resistir ao fascínio e às malícias do Povo das Fadas irá requerer toda a esperteza de Kaye, pois confiar em qualquer um poderá ser uma armadilha fatal. O primeiro volume de Contos de Fadas Modernos, Holly Black, autora #1 do New York Times, apresenta Tithe, mais uma entrada no mágico e traiçoeiro universo do Povo das Fadas, da série best-seller de O príncipe cruel. Agora, o perigo pode estar mais próximo do que você imagina. Bem-vindo ao Reino das Fadas e aproveite a jornada — apenas tome cuidado para não se deixar enfeitiçar por um glamour e se perder em um banquete dos seres encantados.


Depois do sucesso da trilogia Povo do Ar, eu estava muito empolgado por essa nova história de Holly Black. Por se tratar de um livro mais antigo, que a Galera está relançando aqui no Brasil, tentei manter minhas expectativas baixas.

Tithe conta a história de Kaye, uma garota que não teve uma infância normal. Sua mãe fez parte de várias bandas e a menina nunca frequentou a escola ou criou raizes em lugar nenhum.

Contudo, depois que a mãe quase morre numa confusão, Kaye se vê obrigada a morar com a avó, na casa onde viveu quando era criança. Nessa época, Kaye tinha amigos que todos julgavam serem imaginários, mas que ela sabia serem fadas. Ao retornar, a garota tenta a todo custo encontrá-los, mas eles não aparecem.

28 abril 2022

Resenha - Crônicas da Escuridão, Sérgio Evangelista


 
Livro: Crônicas da Escuridão
Autor(a): Sérgio Evangelista
Editora: Drago Editorial
Páginas: 194
Adquira: Amazon

Crônicas da escuridão é uma história criada há muitos anos, é sobre um mundo tão vasto e assombroso o qual os humanos nem sonham que existe; é o lugar onde todos os seres como lendas, deuses, pensamentos, sonhos e pesadelos vivem e coexistem. Acompanhe neste primeiro livro a história de Baltazar, um carniçal, filho de um dos vampiros mais velhos e poderosos do mundo, e sua busca de resolver o maior desafio de sua vida até o momento e descobrir que influenciará não só sua existência, mas a de todos os mundos. Descubra a alegre Victória, uma menina que ouve os pensamentos das pessoas; e seu melhor amigo, que vivem a situação mais absurda possível na vida de um jovem e ainda assim precisam fugir e se esconder o quanto antes contra um mal que não conhecem. Desvende a origem de Deimos, um menino solitário que encontra e é encontrado pela escuridão e juntos vivem uma aventura quimérica pelo cosmo, errando e aprendendo juntos que quanto mais obscuro, mais fascinante é o destino.


Escuridão, seres sobrenaturais e muito mistério são alguns dos elementos que compõem a trama de Crônicas da Escuridão, livro de estreia do autor @world.sergio.evangelista.

A obra apresenta ao leitor um mundo desconhecido pelos humanos, ao qual lendas, deuses, sonhos e pesadelos existem de forma simultânea. Nesse mundo vasto, complexo e repleto de camadas, conheceremos Baltazar, filho de um dos vampiros mais antigos e poderosos do mundo, Victoria uma jovem que ouve pensamentos e Deimos, um garoto solitário, que se encontra ao ser encontrado pela escuridão.

Narrado em terceira pessoa por três perspectivas distintas, conheceremos mais intimamente esses personagens, seus traumas, anseios e desejos mais profundos enquanto enfrentam uma jornada de autodescoberta com inúmeros desafios.

Por ser o primeiro volume de uma série, a obra possui um contexto mais introdutório, nos ambientando ao mundo e aos personagens existentes nele, mas ainda assim trazendo reflexões válidas atráves de suas experiências e escolhas.

Um ponto interessante nessa trama é o fato de que ao conhecermos mais desse universo criado pelo autor, percebemos que muito dele está inserido em nosso próprio mundo. E enquanto cada um desses personagens precisa lidar com jornadas perigosas e amadurecer prematuramente, a vida continua serena para tantas outras pessoas alheias ao que se passa bem ao seu lado. O que nos faz pensar sobre como cada um de nós vivemos "universos" diferentes, não necessariamente fantásticos e com seres sobrenaturais, mas dentro do nosso próprio contexto, com nossas próprias dores e medos, aguardando pelo dia em que seremos enxergados ou ouvidos.

O autor também fala sobre relacionamento abusivo através de uma de suas personagens, trazendo a reflexão de que nós também podemos ser abusivos em nossos relacionamentos, mesmo quando achamos que estamos fazendo o melhor para aqueles que amamos.

Em suma, Crônicas da Escuridão foi uma experiência complexa, mas interessante. Terminei a obra surpresa com o final e curiosa para descobrir o que encontrarei no próximo volume.


26 abril 2022

Lançamento - Aprisionada a Mark'En: Amores em Conyex, Mari Salles

Oi gente, hoje eu trago para vocês a indicação da duologia Amores em Conyex, lançamento recente das autoras Mari Salles e Jéssica Macedo. São livros rapidinho de ler, com mocinhas fortes e de língua afiada e mocinhos apaixonantes.

Para quem busca histórias leves, divertidas e com uma pitada de hot, tenho certeza que Mark'En e L'Rell irão agradar. Abaixo vocês conferem a sinopse das duas histórias e clicando no nome de cada livro vocês serão direcionados para a página da Amazon. Lembrando que ambos estão disponíveis para aluguel no kindle unlimited, então aproveitem para conferir essas histórias. 




Aprisionada a Mark'En, Mari Salles


O líder da Força Bruta servia seu país com honra e determinação. Solitário, Mark’En não estava contente por ter sido escolhido para se casar com a estrangeira. Ele tinha uma nova missão: ter herdeiros que ajudassem na evolução da espécie. Belinda Freitas perdeu os pais e estava lidando com o inventário. Ela não imaginava que o advogado tinha conexões perigosas e a entregaria nas mãos de pessoas incomuns. Prisioneira, foi posta em uma nave e entregue a um desconhecido musculoso e cheio de tatuagens. A conexão entre os dois foi instantânea. Belinda estava curiosa e queria saber mais sobre a cultura daquele povo. Mark’En era focado no seu trabalho e estava disposto a resistir à atração. Quando o amor falava mais alto, não importava o tempo de convivência, mas o objetivo em comum. Juntos, eles descobririam que havia muito mais por trás de um acordo entre planetas

.



                                        Aprisionada a L'Rell, Jéssica Macedo


O poderoso príncipe, L’Rell não imaginava que o seu pai fosse bárbaro o bastante para matar a mulher que ele amava e obrigá-lo a se casar com uma desconhecida em uma maldita aliança visando a evolução do seu povo. Adolane tinha uma vida humilde e aprendeu desde nova a cuidar de si sozinha. Esforçando-se para sobreviver em um mundo cruel, ela não estava preparada para o pesadelo que recairia sobre ela quando foi arrancada do bar onde trabalhava e levada para outro planeta. Ele não se importava se ela morresse. Ela só queria uma forma de voltar para casa. Para ambos, aquele casamento era uma obrigação. Eles não se conheciam e nem queriam fazer com que desse certo, mas a conivência pode fazer com que descubram novos sentimentos. 

 

25 abril 2022

Livros para ler em um dia

 



O tema escolhido para hoje é: Livros para ler em um dia! 

Separei 7 dicas de livros de gêneros variados para quem quer dar um gás nas leituras e conversei sobre cada um deles no último vídeo que saiu lá no canal. Vai lá conferir e me conta se já leu algum da lista.

Aproveita e me indica também um livro para ler em um dia?


21 abril 2022

Resenha - Última Parada, Case McQuiston



Livro: Última parada
Autor(a): Case McQuiston
Editora: Seguinte
Páginas: 479
Adquira: Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora

Aos vinte e três anos, August Landry tem uma visão bastante cética sobre a vida. Quando se muda para Nova York e passa a dividir apartamento com as pessoas mais excêntricas ― e encantadoras ― que já conheceu, tudo o que quer é construir um futuro sólido e sem surpresas, diferente da vida que teve ao lado da mãe. Até que Jane aparece. No vagão do metrô, em um dia que tinha tudo para ser um fracasso, August dá de cara com uma garota de jaqueta de couro e jeans rasgado sorrindo para ela. As duas passam a se encontrar o tempo todo e logo se envolvem, mas há um pequeno detalhe: Jane pertence, na verdade, aos anos 1970 e está perdida no tempo ― mais especificamente naquela linha de metrô, de onde nunca consegue sair. August fará de tudo para ajudá-la, mas para isso terá que confrontar o próprio passado ― e, de uma vez por todas, começar a acreditar que o impossível às vezes pode se tornar realidade.


Aos 23 anos August mudou-se para Nova York e está prestes a se formar na faculdade. Ela conseguiu um bom apartamento, com os colegas de quarto mais excêntricos possíveis e, aos poucos, está saindo da concha e criando conexões, algo que até então era difícil para ela. E é aí que Jane aparece em sua vida.

Numa manhã onde tudo parecia estar dando errado, August pega o metrô na linha Q e é salva de mais uma humilhação por Jane. As duas trocam poucas palavras, mas August não consegue tirar a menina da cabeça, estando completamente encantada por ela.

19 abril 2022

3 MESES DE KINDLE UNLIMITED POR R$1,99

A promoção de 3 meses de Kindle Unlimited por R$ 1,99 voltou!

Para assinar, clique aqui



Aproveite 3 meses de Kindle Unlimited pagando apenas R$ 1,99 
● Tenha acesso ilimitado a mais de 1 milhão de eBooks.
● Explore nossa seleção de revistas.
● Leia em qualquer lugar e em qualquer dispositivo com o App Kindle.

18 abril 2022

Resenha - O Homem que brincava com fogo, Jan Stocklassa



Livro: O homem que brincava com fogo
Autor(a): Jan Stocklassa
Editora: Verus
Páginas: 420
Adquira: Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora

Os arquivos secretos de Stieg Larsson e a caça ao assassino mais procurado da Suécia. O homem que brincava com fogo vai deixar os fãs de investigação ávidos por conhecer todo o conteúdo dos arquivos de Larsson. O autor da série Millenium reuniu as pistas. Agora, um jornalista as está seguindo.Quando Stieg Larsson morreu, estava trabalhando em um verdadeiro mistério que alterou o rumo de seus romances: o assassinato, em 1986, de Olof Palme, o primeiro-ministro da Suécia. Nunca na história um chefe de Estado fora assassinado sem deixar rastros, à queima-roupa e em uma rua de Estocolmo.Apesar de ser famoso internacionalmente por seus vilões fictícios, Larsson tinha um ótimo relacionamento com seus informantes da vida real e conseguiu documentar atividades extremistas em todo o mundo. Durante anos, acumulou evidências que ligavam atos terroristas desses grupos ao que ele chamou de "um dos casos de assassinato mais surpreendentes" que já havia coberto. Porém o arquivo de Larsson foi esquecido até o jornalista Jan Stocklassa ter acesso exclusivo ao projeto secreto do autor.Em O homem que brincava com fogo, Stocklassa recolhe as peças do quebra-cabeça deixadas por Larsson sobre o crime real para seguir a trilha de intrigas, espionagem e conspiração iniciada por um dos escritores de suspense mais famosos do mundo. Juntos, eles resolveram um mistério que ninguém conseguiria desvendar. “Uma ‘não ficção criativa’ e fascinante que conta o maior mistério da história da Suécia”. - Wall Street Journal “O livro de Stocklassa lançou uma nova luz sobre uma tragédia que assombra a Suécia há três décadas... É como um thriller de espionagem”. - The New European “Stocklassa consegue nos infectar com o ‘vírus Palme’. É impossível ler e não ansiar pela resolução”. - The Spectator


O homem que brincava com fogo de Jan Stocklassa trata-se de uma não-ficção sobre o assassinato do primeiro-ministro da Suécia, Olof Palme. O líder sueco havia acabado de sair do cinema com sua esposa quando recebeu um tiro à queima-roupa em uma rua de Estocolmo. Tal crime aconteceu na noite de 28 de fevereiro de 1986 e, mesmo após mais de três décadas, continua sem ser solucionado.

A trama é dividida em duas partes sendo que a primeira aborda as investigações do romancista e jornalista Stieg Larsson, e a segunda, a retomada de tais investigações por Jan Stocklassa após ter acesso exclusivo ao projeto secreto do autor supracitado, depois de sua morte em 2004.

Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥