30 maio 2016

Resenha - After - Depois da Promessa, Anna Todd


Livro: Depois da Promessa (After #5)
Autor(a): Anna Todd
Editora: Paralela
Páginas: 448
Adquira: Saraiva Submarino | Travessa | Americanas

Bem quando Hardin acreditava já ter enfrentado todos os fantasmas de seu passado, um terrível segredo sobre seus pais é revelado, despertando os seus piores demônios internos. Tessa sabe que só ela tem o poder de aliviar todos os sentimentos de raiva, traição e confusão que afligem seu amado badboy. Só ela sabe como salvá-lo de seu ciclo autodestrutivo. Mas dessa vez ela não pode. Porque, quando menos espera, sua vida é para sempre alterada por uma tragédia. Hardin e Tessa prometem lutar com todas as suas forças para que o destino não os separe para sempre. Mas o que acontecerá quando suas forças chegarem ao fim? Depois da promessa... qual será o desfecho dessa história?

ESSA RESENHA PODE POSSUI SPOILER DO LIVRO ANTERIOR.
LEIA AS RESENHAS DE AFTERDEPOIS DA VERDADEDEPOIS DO DESENCONTRO E DEPOIS DA ESPERANÇA.


Quando iniciei a série escrita por Anna Todd em janeiro de 2015, nem imaginava que estava sendo apresentada a história do casal mais problemático e amado de toda a minha experiência de leitora. E sim, para quem já leu a série e talvez discorde do que tenho a falar, volto a afirmar que mesmo com todas as reviravoltas e enrolações no relacionamento de Hardin e Tessa, After me consumia, me envolvia e me fazia rir, sofrer e chorar por esse casal que não tinha nada em comum, mas que se completaram mesmo em meio a dor.


Após todas as dificuldades e obstáculos enfrentados para amadurecerem e permanecerem juntos, Hardin e Tessa parece estar seguindo o caminho certo e o futuro do casal até parece promissor, mas não se engane, muito ainda está por vir e um segredo obscuro lançado sobre Hardin nas últimas páginas de After – Depois da Esperança, promete desestabilizar mais uma vez essa relação.

Sem conseguir aceitar a verdade sobre fatos que marcaram tanto o seu passado, Hardin mais uma vez está perdido, e agora parece que nem mesmo Tessa será capaz de salva-lo da escuridão. Com tantos conflitos internos ainda a serem trabalhados e com mais essa revelação feita em Londres - lugar que já guarda tantas lembranças ruins de seu passado, Hardin não consegue lidar com a confusão que se instalou em sua vida novamente e mais uma vez acompanhamos nosso protagonista em um processo de regressão.

Muitas vezes na vida eu me senti indesejado, deslocado da pior maneira. Tive uma mãe que se esforçou de verdade, tentou mesmo, mas não foi o suficiente. Ela trabalhava demais; dormia durante o dia porque passava as noites acordada. Trish tentou, mas um menino, principalmente um menino perdido, precisa de um pai. (Pág. 07)

Como sempre acontece, Hardin não consegue lidar com a dor e a primeira coisa que faz é afastar Tessa para longe de si. Sem saber o que fazer para ajudar o namorado a passar por mais essa situação, Tessa luta com todas as suas forças, mas quanto mais tenta trazer Hardin para a luz, mais ele demonstra que já não há salvação.

“Por que está fazendo isso?” ele pergunta, o corpo balançando de um lado para o outro. “Por que sempre tenta encontrar meu lado bom? Acorda, Tessa! Não tenho lado bom nenhum!”, ele grita, e bate as duas mãos no peito. “Sou um nada! Sou um merda com pais fodidos e uma cabeça fodida! Tentei alertar você, tentei afastar você antes de acabar com a sua vida...” (Pág. 45)

Para completar a confusão Hardin encontra com velhos “amigos” e decide que o melhor seria permanecer em Londres e mandar Tessa de volta para casa sozinha. Retornando ao ciclo vicioso de más companhias, drogas e bebidas, nosso herói jogo seu relacionamento pelo ralo e dá adeus a uma Tessa destruída e humilhada de todas as formas possíveis.

Olhando para ela agora, consigo ver o tom rosado de suas faces, o olhar sem esperança, a felicidade desaparecida de seus lábios carnudos. Peguei uma menina linda que vive pelos outros, uma menina que sempre viu o lado bom em tudo, até em mim, e a transformei em um caco cujos olhos vazios me encaram agora. (Pág. 53)

Desestruturada e abalada emocionalmente, Tessa volta para casa derrotada e sem direção, mas com a certeza de que precisa se reerguer e dar um basta em todo o sofrimento que Hardin vem lhe proporcionando nos últimos sete meses. No entanto ela nem imaginava que precisaria de toda a sua força para lidar com a tragédia que está por vir, capaz de acabar até mesmo com sua sanidade.

E é somente quando Tessa está à beira do colapso que Hardin acorda e percebe que o mundo não gira apenas ao seu redor. Desesperado e ciente da burrada que fez, Hardin tenta reatar o namoro e mostrar que pode ser o que Tessa sempre quis, porém é visível a repulsa que Tessa sente por ele agora.

Durante toda a série foi normal vermos Tess e Hardin em um círculo vicioso de idas e vindas, onde ambos sempre se machucavam, mas nunca conseguiam se afastar completamente. Mas em After Depois da Promessa Tess finalmente acordou e deu um basta no relacionamento abusivo que estava vivendo. Sua decisão mostrou que sempre foi ela a base da relação, sua confiança em Hardin sempre a fez acreditar que valia a pena dar mais uma chance e tentar seguir em frente, mas Hardin foi capaz de testar todos os seus limites e dessa vez Tessa deixa claro que não está disposta a aceitar menos do que ela merece.

No desenrolar da trama foi ficando cada vez mais claro que não haveria salvação para o casal e confesso que isso deixou meu coração em frangalhos. Tessa decidiu pôr sua vida nos eixos, reestruturou seu relacionamento com a mãe, voltou para seu lugar de origem e se dedicou apenas a realizar seus sonhos, algo que no caso não incluía Hardin.

Hardin por sua vez decidiu dar a Tess o espaço que ela precisava e se manteve a distância sem ter a real certeza de que um dia a teria nos braços novamente. Enquanto Tess ia reestruturando sua vida sozinha, Hardin também se permitiu amadurecer e aceitar seus problemas e dificuldades como nunca havia feito antes.

Chegar ao quinto livro dessa série sem me emocionar foi algo impossível e mais difícil ainda foi acompanhar Hardin e Tessa cada vez mais distantes. Anna Todd criou personagens com problemas reais e com características marcantes e acredito que isso seja o grande diferencial dessa série, uma história cheia de reviravoltas, com personagens que nos marcam e que nos provocam um misto de sentimentos conflitantes.

Embora tenha achado o final da história corrida e ter sentido falta do detalhamento de alguns assuntos que esperei o livro inteiro para ver acontecer (quem leu sabe do que estou falando), After me marcou e deixou sua história de amor e ódio para sempre gravada no meu coração. Para aqueles que adoram um romance ou simplesmente não resistem a uma história viciante, a série After é mais do que recomendada.


- - - - -
Postagem válida para o TOP COMENTARISTA, Participe!
Valendo um exemplar de Dez coisas que aprendi sobre o amor.

8 comentários

  1. Oi,
    Não conhecia a série. Comecei a ler a resenha empolgada, acho que relacionamento abusivo é bem sério e gosto quando os livros trazem isso, mostrando que não é normal, mas quando li "quinto livro" fui murchando! Achei bem longa a série, não sei se vou dar uma chance.

    ResponderExcluir
  2. Já havia visto a capa de um dos livros desta série, mas sinceramente não me chamou a atenção e então nem parei para ler do que se tratava.
    E agora lendo essa resenha, me peguei dentro de um vendaval que foi e é o romance destes dois jovens.
    Quanta raiva, quanto amor...o típico lance da luz e das trevas, nitidamente exposto num romance que parece que pegou fogo na série toda.
    Vai para a lista de desejados e irei procurar os demais livros!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Olá Glaucia,
    Quero muito ler essa série, já vi vários comentários contraditórios que despertaram a minha curiosidade para saber qual vai ser minha relação, se de amor ou ódio hahaha. Adoro livros onde os personagens são bem “humanos” com problemas reais, isso sempre me atrai na história. Quero muito acompanhar o amadurecimento pessoal dos protagonistas e do casal, pretendo ler o primeiro volume assim que tiver a oportunidade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Gente, só pela resenha já dá pra perceber que vou chorar muito ao ler essa série!
    Esse casal é muito problemático! Mas eu gosto de livro assim, ficam marcados na memória.

    ResponderExcluir
  5. Sempre me indicaram esse livro e só li ótimas críticas em relação a ele até hoje. Mas sabe como é né, a gente vai trombando em outros livros e acaba deixando algumas leituras para trás. Ele está já há algum tempo na minha wishlist. Um dia consigo ler! Parece ser realmente muito bom. Parabéns pela resenha! ♥

    ResponderExcluir
  6. Genteeee, não sei como perdi tanto tempo antes de comprar o primeiro livro.. Me apaixonei pela história #hessa.
    Comecei a ler o segundo livro hoje.

    Beijos

    Responder

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, essa série é maravilhosa! Eu chorei muito com o segundo livro.

      Bjs, Glaucia.

      Excluir
  7. Adoro livros, adoro o que eles me proporcionam, viajo com eles e é maravilhoso! Porém com After (a série toda) foi diferente. Senti o baque assim que pus os meus olhos. Me apaixonei de uma maneira que nçao sei explicar pelos os protagonistas, me identifiquei muito, sentindo tudo que eles sentiam, entendia completamente Tessa por tentar tirar da escuridão o amor da sua vida, mesmo passando por maus bocados, indas e vindas. Porém também entendia o Hardin, pela infância fodida que teve, pelo o que sofreu, pelo o que sentiu e presenciou. Entendia a sua necessidade de ter Tessa na sua vida (seu anjo como ele falava). Porém a insegurança e o temperamento que tinha era um fator negativo no relacionamento, fazendo com que sempre a magoasse com palavras duras (e como eram duras) e sabendo que sempre que a deixasse ela iria aceitá-lo de volta. E isso era chato sabe, foram 4 volumes praticamento nisso, indo e vindo, com brigas e sexo. Sempre o mesmo ciclo kkk. No quinto livro tudo mudou e com todos os acontecimentos me via perdida e em pedaços por ver no que o relacionamento deles havia se tornado, deixando muito desgastado. Aconteceu muita coisa em um livro só, e as vezes me via fazendo os cálculos dos anos que passavam pra me situar na história e ver o encontro de si mesma com a Tessa e o amadurecimento extraordinário do Hardin (fiquei chocada com a mudança dele) e torcia demais por esse casal apesar de tudo. O final foi maravilhoso, me encantei, gritei, esperneei, chorei baldes e baldes de água, mas vi que tudo valeu a pena, que no final o amor vence e tudo dar certo. Essa série me mudou e me encantou de uma maneira que não sei explicar. Agradeço imensamente a autora Anna Todd por me proporcionar tamanho prazer e me mostrar que a nossa vida é rodeada de Tessas e Hardins, mostando que no final o amor verdadeiro tudo supera e suporta.

    ResponderExcluir


Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥