13 janeiro 2018

Resenha - Encruzilhada, Kasie West


Livro: Encruzilhada (Encruzilhada #1)
Autor(a): Kasie West
Editora: Seguinte
Páginas: 304
Adquira: Submarino | Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora
A vida de Addison Coleman é um grande “e se…?”, graças à sua habilidade especial: Investigar Destinos. Addie é capaz de prever duas possibilidades de seu futuro toda vez que precisa tomar uma decisão. Quando os pais dela anunciam o divórcio, a garota deve escolher se vai morar com o pai entre os Normais ou se prefere ficar com a mãe no Complexo Paranormal. Para ter certeza do que a espera, Addie resolve Investigar. Em uma alternativa, ela conhece Trevor, um Normal sensível com quem logo sente uma conexão. Na outra, se envolve com Duke, o garoto mais popular da escola Paranormal. E agora, em qual futuro Addison estará disposta a viver?


Escondido da sociedade, está o Complexo Paranormal. Uma uma cidade onde todos os moradores possuem poderes mentais. O local é equipado com o que há de mais moderno em tecnologia para que seus habitantes possam estar sempre aprimorando suas habilidade. Por estarem isolados, eles precisaram desenvolver sua própria hierarquia funcional, que vai do governo até as salas de aulas. Esse é um dos motivos que levam os mais jovens a testarem seus dons constantemente. Dessa forma eles podem ser catalogados e, futuramente, direcionados para a área em que contribuirão melhor para a sociedade.

Addison Coleman, de dezessete anos, pode saber sobre seu futuro em situações específicas. Sempre que está diante de uma encruzilhada e precisa tomar uma decisão, ela pode investigar cada uma das opções antes de escolher o caminho que deseja seguir. Essa limitação fez com que o anuncio da separação de seus pais caísse como um bomba em cima dela. O pior é que a garota ainda precisa escolher com quem ela vai morar.

Como sempre foi mais próxima do pai, que tem o dom de detectar mentiras, seria natural optar por ele. Porém ele decidiu viver fora do Completo e Addie nunca imaginou como seria viver entre as pessoas normais. A decisão não é nenhum pouco fácil e com sua mãe podendo manipular suas emoções, ela decide ouvir o conselho da melhor amiga e usa seus dons para tentar fazer a escolha certa.

Só me prometa uma coisa: se isso for uma Investigação e você não me escolher, se não escolher esse caminho por algum motivo, prometa que não vai me Apagar.

Se optar pela mãe, Addie se envolverá com garoto mais popular da escolha. Duke não é só o capitão do time de futebol americano, ele é charmoso e atrai todos os olhares por onde passa. Namorar com ele é sonhos de todas as garotas que ela conhece. Se decidir ir morar com o pai, ela será a garota nova, precisando se adaptar a uma nova escola, uma nova realidade e a tentação de sua vida atenderá pelo nome de Trevor.

Porém esse vislumbre de seu futuro mostrará mais do que Addie gostaria de saber. Sua decisão influenciará na vida de todos ao seu redor e, independente da escolha, sua vida rumará por um caminho que ela não deseja.

Sou daquelas que escolhe livro pela capa, então Encruzilhada estava na minha lista de desejados a um bom tempo. Depois de ler Namorado de aluguel, outro livro da autora, coloquei ele como prioridade e na primeira oportunidade solicitei o bendito. QUE LIVRO! A narrativa da Kasie West é descomplicada e flui muito bem desde o primeiro capítulo. Eu não só fui conquistada pela história, como finalizei o livro em único dia.

Narrado em primeira pessoa por Addison, a história é construida de forma cronológica. Porém, quando a investigação inicia, acompanhamos a história através de duas "linhas do tempo" que são apresentadas de maneira alternada. A cada capítulo conhecemos um pouco mais sobre a vida de a protagonista pode vir a ter. Dessa maneira a autora mantém no leitor a expectativa sobre a decisão que será tomada.

Se identificar com Addie foi fácil. Ela não é ultra popular, mas também não está entre os que são rejeitados. Uma garota legal, inteligente e comum. Laia, sua melhor amiga, é quem tem a função de trazer alguma agitação pra sua vida. Tenho algumas ressalvas com essa amizade inclusive, mas deixa quieto. Os personagens são bem construidos, mas o romance foi apresentado de forma um tanto quanto tendenciosa, já que um dos garotos combina muito mais com Addie do que o outro.

Conhecer o futuro nem sempre torna a escolha mais fácil.

Eu torci mais pelo Trevor porque ele é um doce e também pela aventura que seria morar fora do complexo. A verdade é que a protagonista lida com esse dom muito bem. Eu n]ao teria a mínima maturidade e ficaria me pondo em encruzilhadas a todo momento. Só para depois descobrir coisas que eu não gostaria.

O plot do livro foi bem desenvolvido, mas fui surpreendida por encontrar uma história que ia além do prometido. Quando o romance abriu espaço para o suspense, a autora conquistou ainda mais minha atenção. O clímax fez jus ao momento e o desfecho deixou uma grande interrogação na minha cabeça. Minha sorte é que essa é uma duologia e eu espero poder ler sua continuação logo, logo.

Graficamente o livro está ótimo. A editora acertou em manter a capa original, pois além de linda, ela combina bem com o enredo do livro. Fiquei apaixonada por ela, nem preciso dizer. Internamente temos uma diagramação simples com páginas amareladas e fontes confortáveis para a leitura. Os capítulos não são possuem título, mas sempre apresenta uma nova palavra com seu significado. Alguns são bem divertidos.

Encruzilhada trás todos os elementos que fazem dos livros juvenis uma leitura tão agradável. Uma história incrível, que você não vai se arrepender de ler.

- - - - -
Postagem válida para o TOP COMENTARISTA, Participe!
Valendo um exemplar de Lady Whistledown Contra-Ataca.

4 comentários

  1. Não conhecia o livro,mas fiquei encantada com tudo que li acima. Antes de tudo, a capa é um luxo só e a gente já entende de cara que é algo sobre escolhas.
    E o bom foi ler que além de romance, há também a parte de suspense, mistério e mais uma vez, escolhas!
    Essa pitada de realidade me animou ainda mais.
    Vai para a lista de desejados com certeza!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi!

    Para a Addison, essa escolha não deve ter sido fácil. Afinal, o seu destino/futuro estava em jogo, né? O que esperar dele, dependendo da sua escolha? Há erros e acertos.

    ResponderExcluir
  3. Acho muito bonita a capa deste livro, que bom que a narrativa da autora é descomplicada e flui muito bem desde o primeiro capítulo da história, e que você foi conquistada pela história, pela sua resenha a história deste livro parece ser muito boa, pretendo ler Encruzilhada em breve.

    ResponderExcluir
  4. Dreeh!
    Gosto muito quando os livros trazem personagens que tem poderes, mesmo que seja uma pegada mais juvenil.
    Que dúvida cruel: viver com o pai ou com a mãe? E ainda poder ver qual será o futuro dela em cada situação.
    E ainda tem os rapazes envolvidos em cada futuro...
    Fiquei bem intrigada e curiosa por ver qual será o melhor futuro para ela.
    Desejo uma semana mais que abençoada e Novo Ano repleto de realizações!!
    “Meta para o Ano Novo? Ser feliz!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir


Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥