07 janeiro 2018

Resenha - A Colônia, Ezekiel Boone



Livro: A Colônia (The Hatching #1)
Autor(a): Ezekiel Boone
Editora: Suma de Letras
Páginas: 272
Adquira: Submarino | Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora
Nas profundezas de uma floresta no Peru, uma massa negra devora um turista americano. Em Mineápolis, nos Estados Unidos, um agente do FBI descobre algo terrível ao investigar a queda de um avião. Na Índia, estranhos padrões sísmicos assustam pesquisadores em um laboratório. Na China, o governo deixa uma bomba nuclear cair “acidentalmente” no próprio território. Enquanto todo tipo de incidente bizarro assola o planeta, um pacote misterioso chega em um laboratório em Washington... E algo está tentando escapar dele. O mundo está à beira de um desastre apocalíptico. Uma espécie ancestral, há muito adormecida, finalmente despertou. E a humanidade pode estar com os dias contados.

Inicialmente a leitura é arrastada e os personagens me pareceram superficiais, difíceis de se conectar com eles, sabe? Depois a leitura entra num ritmo frenético, crescente, e o horror se instaura, finalmente. rs Ok, sou a louca do terror, amo o gênero.

Ao longo da leitura descobri que Ezekiel tem uma escrita incrível, e a maneira como ele conecta os personagens em diversos lugares do mundo todo, me lembrou uma teia, já que estamos falando de aranhas.

Uma infestação de aranhas está acontecendo no mundo todo, então acompanhamos a história em todos esses lugares a começar pelo Peru em um Parque Nacional de Manu, onde ocorre o primeiro ataque a um grupo de turistas, mas o cenário principal é nos EUA. É lá que se passa a maior parte da história.


Uma espécie ancestral de aranha que estava hibernando há mais de dez mil anos desperta e está em toda parte. Por onde passam deixam para trás apenas os ossos de qualquer ser vivo que encontrem.

Conforme se desenrola a trama vamos obtendo mais informações sobre essas criaturas assombrosas, que inicialmente, o autor denomina de “onda negra”.

"Henderson espirrou. Viu um pouco de sangue esguichar na parede. Tinha catarro escorrendo do nariz. Parecia que algo estava se arrastando ali dentro e, quando esfregou o nariz, percebeu que havia algo deslizando para fora. Sentiu a pata cabeluda e dura e a puxou. Puta que pariu. Era uma aranha. Ele tinha acabado de puxar uma aranha da porra do nariz." 

 A história é eletrizante e nos deixa arrepiados, os diversos personagens envolvidos na trama - e são muitos - se conectam sempre de algum jeito. A forma como essas aranhas se reproduzem rapidamente e vão tomando o mundo todo, é apavorante e impressionante!

"Mike levou um instante para entender o que a aranha estava fazendo. A mancha escura no chão era sangue. Ele olhou para o paletó enrolado em sua mão e viu uma gota cair. Ele estava sangrando no chão. A mancha escura no chão era seu sangue. E, aparentemente, a aranha estava se alimentando".

 Em pouco tempo a população está em pânico, e o mundo inteiro a beira de um colapso, beirando o caos e histeria. No final, uma renomada especialista em aranhas, a Dra. Melanie Guyer, a mando do presidente dos EUA, faz descobertas importantes sobre as tais criaturas.

A maneira detalhada e meticulosa com que Ezekiel descreve as aranhas e tudo que acontece, torna o horror ainda mais real. A escrita do autor é sensacional e o enredo dinâmico, com certeza conquistou minha atenção e lugar na estante.

O desfecho nos deixa de boca aberta, sem acreditar, e deixa gancho para a sequência. Nos faz fechar o livro já querendo a continuação desesperadamente.

 "... ela nunca havia entendido o medo de aranhas. 
Até aquele momento. 
Finalmente, ali estava um motivo para se ter medo."


- - - - -
Postagem válida para o TOP COMENTARISTA, Participe!
Valendo um exemplar de Lady Whistledown Contra-Ataca.

Um comentário

  1. Oi Jaque!
    Uau, terror? Achei que seria bem ficção científica...
    Fiquei com pavor só de ler a resenha, o primeiro quote que você colocou arrepia, pelo visto o autor soube mesmo assustar, ainda mais alguém como eu que já tem medo de aranhas... Confesso que fiquei bem curiosa por esse desfecho, se antes não tinha vontade de ler o livro, agora não vejo a hora de conhecê-lo!
    Beijos

    ResponderExcluir


Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥