21 dezembro 2017

Resenha - Espero por Você, Jennifer L. Armentrout


Livro: Espero por Você (Wait For You #1)
Autor(a): Jennifer L. Armentrout
Editora: Novo Conceito
Páginas: 384
Adquira: Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora
Algumas coisas valem a pena esperar. Algumas coisas valem a pena experimentar. Algumas coisas não devem ser mantidas em silêncio. E, por algumas coisas, vale a pena lutar. Avery Morgansten precisa fugir. Ir para uma faculdade a centenas de quilômetros de casa foi a única forma que encontrou para esquecer o acontecimento fatídico que, cinco anos antes, mudara a sua vida para sempre. O que não estava em seus planos era atrair a atenção do único rapaz que pode mudar totalmente a rota do futuro que Avery está tentando construir. Cameron Hamilton tem um metro e noventa de altura, impressionantes olhos azuis e uma habilidade notável para fazer com que Avery deseje coisas que ela acreditava terem sido roubadas irrevogavelmente dela. Envolver-se com ele é perigoso. No entanto, ignorar a tensão entre eles — e despertar um lado dela que nunca soube que existia — é impossível. Até onde ela estará disposta a ir e o que fará para esquecer o passado e viver aquela relação intensa e apaixonada, que ameaça ruir todas as suas certezas e fazê-la conhecer um mundo de sensações que julgava estar negadas para sempre?

Avery tem muitos traumas por conta de um acontecimento que mudou sua vida cinco anos atrás. Um desses traumas é chamar a atenção, a garota gosta da sensação de ser invisível, de passar batida sem ninguém nota-la.

“Subi correndo as largas escadas, empurrando com tudo a porta dupla, e trombei com uma parede. Ao cambalear para trás, abanei os braços como um daqueles guardas de trânsito nos cruzamentos. [...] Meu Deus, eu estava caindo. Não tinha como evitar. [...] Um segundo depois, fui pressionada contra a muralha.
A muralha era estranhamente quente.
A muralha riu.
- Opa! – disse uma voz profunda – Você está bem, meu anjo?” 

Porém, fica inviável se manter invisível depois de trombar com Cameron Hamilton no seu primeiro dia de aula na faculdade. Depois do vergonhoso “atropelamento” entre eles, Avery não consegue se manter longe do rapaz por muito tempo. E quem iria querer não é mesmo? Cameron é a representação do deus grego só que dá para toca-lo. Rs Inicialmente a relação entre esses dois é bem complicada.

Avery tem seus fantasmas do passado para assombra-la, mas nem mesmo isso é capaz de deixa-la imune aos encantos de Cameron.

 “Talvez eu devesse parar de olhar para os lábios dele. Parecia um bom plano, porque ficar olhando para os lábios de um cara era meio esquisito, então forcei meus olhos para cima. Meu Deus, não deu muito certo, porque agora eu estava encarando aqueles olhos de baixar calcinhas, como Jacob se referira a ele mais cedo em uma mensagem. E Jacob acertara na mosca. Aposto que devia existir um rastro de calcinhas caídas por onde Cam passava.” 

O rapaz também tem lá seus segredinhos obscuros, afinal, quem não tem um fantasma no armário, né!? A relação fica naquele joguinho famoso de gato e rato.
Cameron não desiste, e Avery aos poucos, vai cedendo e desejando cada vez mais estar próxima dele.
“Não era o passado que estava se impondo entre nós.
Era o presente.
Cam estava certo.” 

 Brit e Jacob, os amigos de Avery, incentivam e apoiam incondicionalmente o romance dela com o cara mais desejado do campus. E claro, quando ela nega que quer algo, esses dois praticamente piram e tentam joga-la nos braços do gato.

Jacob, o amigo gay, é encantador e irreverente. Eu o amei logo de cara! Ele foi o primeiro a surgir e depois veio Brit. Devo dizer que ela é uma boa amiga, daquelas que te ouve quando você precisa desabafar, mas que te fala umas verdades quando você merece ouvir. Uma pena que esses dois não tiveram mais espaço na história.

Amei a família de Cameron, são todos uns amores! Aquela família estilo comercial de margarina, sabe!? Muito amorzinho eles. Já os pais de Avery, só Deus pra me manter calma, pois tive muita vontade de estapear aquela mãe dela. Que mulherzinha, viu!

Enfim... A história é doce, engraçada, sensual e cheia de romance, mas... É sim um enorme clichê. Eu não me incomodei, amo um clichê, ainda mais quando se trata de histórias de amor. Rs Mas, não recomendo que você comece achando que vai encontrar inovação. Não tem isso, mas é uma excelente leitura pra um momento de relaxamento, uma leitura de um fim de semana de descanso, sabe!?

Embora a autora tenha outros livros lançados aqui no Brasil, esse foi meu primeiro contato com a escrita dela, e confesso que gostei muito. Já quero ler os outros livros dela.

Então é isso, leiam, tenham sua própria experiência e depois nos contem o que acharam, ok!?

- - - - -
Postagem válida para o TOP COMENTARISTA, Participe!
Valendo um exemplar de Um beijo a meia-noite.

5 comentários

  1. Rsrsrs também amo um bom clichê!
    Já fico imaginando a carinha dos atores que irão fazer a adaptação(é sempre assim que faço com os clichês românticos)
    Não conhecia o livro,mas já gostei da capa de cara e do título também.
    Vai para a listinha de desejados com certeza.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Um dos meus livros desejados! 💜 Amo new adults! Quando os personagens têm segredos, o enredo se torna melhor!

    ResponderExcluir
  3. Oi Jaque.
    Da autora eu só li Não olhe para trás, que é um thriller muito bom e que eu adorei a escrita. Quero muito ler essa série New Adult e também a sua saga mais famosa, saga lux.
    Espero por você parece um New Adult bem clichê. Mas acho que desde que seja bem escrito e tenha bons personagens (Já estou prevendo que vou adorar o Jacob rs) não vejo nenhum mal em ser clichê.
    Eu adoro ler livros mais leves, de leitura rápida, depois de ler uma fantasia, distopia ou thriller. Ou ainda naqueles dias que precisamos de uma leitura mais descontraída e dar umas risadas.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Jaque!
    Para mim não existe amor se não há clichê e quem quiser que fale.
    Confesso que fiquei curiosa por saber o que há de tão terrível o passado de Every que a faz recuar, sem contar que conhecer Cam será um prazer, já que ele é um completo gentleman…
    Bom final de semana e FELIZ NATAL!
    “Celebrar o Natal é crer na força do amor, é isto que transforma o homem e o mundo. Feliz Natal!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA dezembro 3 livros + 2 Kits papelaria, 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Oiee!
    Livro clichê no momento não estão na minha lista, já li tantos um seguido do outro que estou dando um tempo, me desintoxicando, digamos assim rsrs
    Mas o livro não foi descartado não, pretendo ler mais pra frente, porque fiquei curiosa por saber o que há de tão terrível o passado de Every que a faz recuar, e sem contar que conhecer Cam será um prazer e tanto já que ele é um completo cavalheiro.
    Bjokas!

    ResponderExcluir


Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥