01 novembro 2018

Nos Cinemas - Podres de Ricos





Filme: Podres de Ricos
Diretor(a): Jon M. Chu
Distribuidora: Warner Bros.
Duração: 2h00mim
Lançamento: 25 de outubro de 2018
Classificação: 12 anos
Rachel Chu (Constance Wu) é uma professora de economia nos EUA e namora com Nick Young (Henry Golding) há algum tempo. Quando Nick convida Rachel para ir no casamento do melhor amigo, em Singapura, ele esquece de avisar à namorada que, como herdeiro de uma fortuna, ele é um dos solteiros mais cobiçados do local, colocando Rachel na mira de outras candidatas e da mãe de Nick, que desaprova o namoro.



Podres de ricos é uma comédia romântica que nos apresenta a história de Rachel Chu, uma professora de economia norte americana com descendência chinesa, que está indo até Singapura pela primeira vez. Seu namorado de longa data, Nick Young, faz o convite aproveitando que precisará retornar à sua cidade para o casamento de seu melhor amigo e de quem será padrinho. O que Nick não havia contado, é que sua família é uma das mais ricas, influente e conservadoras da Ásia.

O filme tem uma predominância de atores asiáticos, o que nos surpreende positivamente quando percebemos o quão bem estão suas atuações. Mesmo sabendo que essa é uma produção americana, ajuda afastar aquele preconceito existente em relação a produções asiáticas. A ostentação mostrada nos cenários e figurino é essencial para a ambientação da história e foi bem retratado. A fotografia se torna um dos pontos mais interessantes para quem não está habituado com a cultura asiática.

O filme é clichê. Tem aquela pegada de príncipe e plebeia, mas com uma crítica aos costumes mais conservadores e a falsa felicidade por de trás da riqueza. Várias temáticas são abordadas e para isso, eles contaram também a história de outros membros da família de Nick.

Inegávelente, Podres de Ricos é uma adaptação. Em algumas cenas fica perceptível que faltou tempo para explicações ou aprofundamento da história, mas nada que comprometa a qualidade do filme ou o entendimento daqueles que não leram o livro.

De uma forma geral temos uma boa adaptação, gostosa de assistir e que consegue prender a atenção do espectador do início ao fim. É um daqueles raros casos em que o filme supera o original.


2 comentários

  1. Olá Dreeh,
    Ah, eu simplesmente amei o livro, além do tom de humor, que me ganhou, e percebi que o filme também traz só pelo trailer, conhecer mais sobre a cultura de outro lugar foi muito legal.
    O filme parece mesmo muito bom, e gostei da escolha dos atores, foram bem originais em manterem todos asiático, só isso já me ganhou, e a protagonista ficou muito parecida com a do enredo original.
    Adorei.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ainda não fui ver este lançamento, mas tenho lido muitas coisas positivas sobre o enredo.
    O livro já ganhou inuneros fãs e acredito que a adaptação também!
    Não que acrescente muitas coisas, mas se cumpre bem a promessa de entreter e divertir, já é ótimo!!!
    Verei assim que puder!!!!
    Beijo

    ResponderExcluir


Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥