30 setembro 2016

Resenha - Coração?, Gail Carriger


Livro: Coração? (O Protetorado da Sombrinha #4)
Autor(a): Gail Carriger
Editora: Valentina
Páginas: 320
Adquira: Saraiva | Submarino | Travessa | Americanas | Livraria Cultura
Livro cedido através da parceria com a editora
Lady Maccon, a sem alma, está às voltas com uma nova conspiração, só que, desta vez, ela não é o alvo. Quando um fantasma enlouquecido revela que há um complô planejando um atentado contra a vida da rainha, a preternatural começa a investigar e segue uma pista que a leva a esquadrinhar, cada vez mais, o passado do marido. Como se não faltasse mais nada, ela ainda tem que lidar com uma irmã que resolveu participar do movimento sufragista (quanta ousadia!), o mais recente dispositivo mecânico de Madame Lefoux e uma praga de porcos-espinhos zumbis que mal lhe dão tempo de se lembrar de que, por acaso, está no oitavo mês de gestação.
Será que Alexia conseguirá descobrir quem está tentando matar a Rainha Vitória, antes que seja tarde demais? Seriam os vampiros outra vez ou algum traidor em pele de lobo? E o que é, exatamente, essa criaturinha que resolveu aparecer no segundo melhor closet de Lorde Akeldama, na pior hora possível?

ESSA RESENHA PODE APRESENTAR SPOILER DOS LIVROS ANTERIORES.
LEIA A RESENHA DE ALMA?, METAMORFOSE? E INOCÊNCIA?.


Vivendo a reta final de sua gestação, Lady Maccon poderia ser uma mãe comum que precisa de ajuda para se levantar dos lugares e que desfila como uma pata choca pela ruas da cidade devido ao tamanho de sua barriga... mas ai não seria a Alexia que conhecemos, correto?

- Eu já estava indo fazer uma inspeção. Pode me içar, por favor?
O conde deu um largo sorrriso, preparou-se e lhe ofereceu uma das manzorras. Lady Maccon segurou-a com ambas mãos e ficou de pé. Com o toque preternatural, ele perdia a força sobrenatural, mas ainda era forte o bastante para aguentá-la - mesmo em seu estado de dirigível inflado.

Alexia Maccon já está acostumada a ser perseguida pelos seres sobrenatural que a cercam, porém ela se tornou um alvo secundário. O interesse de todos está voltado para o seu bebê e por conta dele ela precisa fazer um acordo nada conveniente para sua alcateia: fichar residência em Londres. Já não seria fácil se acomodar tão próximo da civilização, isso sem nem pensar na lua cheia, mas ela ainda precisa agradar aos vampiros garantindo que alguém da confiança deles participe da criação da criança. Sorte ter Lorde Akeldama como melhor amigo, ainda assim, por mais educados que eles sejam, uma matilha e o covil de um vampiro não possuem a melhor convivência do mundo.

Paralelo ao seu drama pessoal de moradia, deslocamento e alimentação está para surgir personagem mais faminto que ela!, ela ainda precisa se preocupar com os dramas alheios. Sua irmã, quem diria, se envolveu em um movimento sufragista e precisa de ajuda para disfarças suas atividades pouco aceitáveis socialmente. Biffy não está se adaptando bem a vida na alcateia e agora, com a presença constante de seu antigo amo, o pobrezinho está precisando de uma forcinha para reagir. E o mais importante de tudo: alguém está planejando um atentado contra a rainha Elizabeth!

A informação vem através de um fantasma meio desorientado, o que prejudica consideravelmente a qualidade da informação e aumenta o trabalho de Alexia para desvendar o mistério. Licença maternidade? Essa palavra não existe no vocabulário da nossa protagonista, que fará o que for necessário para desvendar esse mistério.

- Eu vou me comportar, prometo.
- Por que será que eu sempre fico mais receoso ainda quando diz isso?

Gail Carriger tem um jeito próprio de contar história. Ela impõe um ritmo mais acelerado logo no início do livro e dificilmente quebra ele, mas preciso confessar que a cada livro tenho me prendido menos a história. Eu sempre fico curiosa e os desfechos de suas histórias são de tirar o fôlego, mas lá no meio eu acabo de desinteressando um pouco. São algumas cenas repetitivas, algum drama que se desenrola por tempo demais... pelo menos aquelas explicações enormes sobre as geringonças foram quase extintas. Os livros tem sido uma montanha-russa pra mim, mas há algo inexplicável nessa série que me mantem fiel a ela.

Os personagens secundários tem ganhado cada vez mais destaques e nesse livro a Ivy é uma das que mais aparece, mas não adianta, não consigo nutrir muita simpatia por ela. Ainda bem que temos o professor Lyall cada vez mais presente. O retorno de Lorde Akeldama também foi um ganho para história. Desde o último livro, percebi que nutri uma pequena implicância com Lorde Maccom e seu casamento com Alexia. Ele é super protetor com de uma forma que me incomoda e sei lá, as vezes acho que falta um pouco daquele casal do primeiro livro. Eles mantiveram a personalidade sarcástica, mas está faltando algo.

Coração? mantem o padrão gráfico de seu antecessores. Os capítulos possuem títulos engraçados, são iniciados com letras capitulares, há o polvo símbolo da série. O estilo da capa também já é conhecido do público, só senti falta de uma modelo grávida.

O Protetorado da Sombrinha é uma série steampunk que já está se encaminhando para o fim, mas que ainda da tempo de você acompanhar. Se você nunca leu nada do gênero, corre para ler Alma? e conhecer essa Londres sobre natural cheia de engenhocas mirabolantes.

- - - - -
Postagem válida para o TOP COMENTARISTA, Participe!
Valendo um exemplar de Onde está Elizabeth?

7 comentários

  1. Oi, Dreeh!
    Ótima resenha. Mas apesar de suas palavras motivadoras a leitura, não me sinto muito animada para ler esse livro. A premissa não me conquistou. Quem sabe em outro momento. Obrigada pela dica. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Tenho essa série pendente faz um tempão e morro de vontade de começar logo (só cadê o tempo pra isso??) . Nunca li nada do gênero Steampunk e justamente por isso quero embarcar nessa leitura. Vamos ver se eu desempaco o negócio e leio logo

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Tenho que confessar que apesar de ter gostado da sinopse, ao ler a resenha me desinteressei um pouco da história, acho que pelo fato de não ter lido nada sobre os outros livros. De qualquer forma acho que vale a pena ler sim, mas eu teria que ler desde o início da série.

    ResponderExcluir
  4. Oi Dreeh,
    Já li Alma? e confesso que demorou um pouco pra história me prender. Tinha curiosidade de ler um romance de época sobrenatural e acho que esse ritmo acelerado logo no início me incomodou um pouco, mas depois que a leitura engrenou não larguei mais o livro. Quero terminar de ler a série, estou curiosa pra saber o desfecho dessa história inusitada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Esta sim é uma série que namoro há um bom tempo. Desde que Alma? foi lançado, fiquei apaixonada pelas capas. Todas seguem a mesma linha, num ar totalmente diferente do que estamos acostumados.
    Romance sobrenatural, seres fantásticos...prato cheio!
    Lerei!
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. MUITO LEGAL A RESENHA.GOSTO MUITO DESSES TEMAS DE ROMANCE COM O SOBRENATURAL.E TAMBÉM UMA PERSONAGEM DETERMINADA E DISPOSTA A TUDO PARA CUMPRIR O QUE LHE FOI DETERMINADO, NÃO IMPORTA A SITUAÇÃO QUE SE ENCONTRE.GOSTEI MUITO DA CONTINUAÇÃO , MUITO EMOCIONANTE.

    ResponderExcluir
  7. Genteeeeeeee, que história doida é essa? E por que eu fiquei com vontade de ler? Kkkkkkkkkkkkkk!! Eu já tinha visto essa capa (horrorosa por sinal, poutz) e nunca tinha lido nem sinopse, nem resenha dela. Achei bem interessante, de tudo um pouco e se tem comédia no meio, AMO!!!! kkkkkkkk!! Já vou anotar aqui e procurar saber sobre o livro 01. Bjuuuuu!!

    ResponderExcluir


Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥