28 abril 2022

Resenha - Crônicas da Escuridão, Sérgio Evangelista


 
Livro: Crônicas da Escuridão
Autor(a): Sérgio Evangelista
Editora: Drago Editorial
Páginas: 194
Adquira: Amazon

Crônicas da escuridão é uma história criada há muitos anos, é sobre um mundo tão vasto e assombroso o qual os humanos nem sonham que existe; é o lugar onde todos os seres como lendas, deuses, pensamentos, sonhos e pesadelos vivem e coexistem. Acompanhe neste primeiro livro a história de Baltazar, um carniçal, filho de um dos vampiros mais velhos e poderosos do mundo, e sua busca de resolver o maior desafio de sua vida até o momento e descobrir que influenciará não só sua existência, mas a de todos os mundos. Descubra a alegre Victória, uma menina que ouve os pensamentos das pessoas; e seu melhor amigo, que vivem a situação mais absurda possível na vida de um jovem e ainda assim precisam fugir e se esconder o quanto antes contra um mal que não conhecem. Desvende a origem de Deimos, um menino solitário que encontra e é encontrado pela escuridão e juntos vivem uma aventura quimérica pelo cosmo, errando e aprendendo juntos que quanto mais obscuro, mais fascinante é o destino.


Escuridão, seres sobrenaturais e muito mistério são alguns dos elementos que compõem a trama de Crônicas da Escuridão, livro de estreia do autor @world.sergio.evangelista.

A obra apresenta ao leitor um mundo desconhecido pelos humanos, ao qual lendas, deuses, sonhos e pesadelos existem de forma simultânea. Nesse mundo vasto, complexo e repleto de camadas, conheceremos Baltazar, filho de um dos vampiros mais antigos e poderosos do mundo, Victoria uma jovem que ouve pensamentos e Deimos, um garoto solitário, que se encontra ao ser encontrado pela escuridão.

Narrado em terceira pessoa por três perspectivas distintas, conheceremos mais intimamente esses personagens, seus traumas, anseios e desejos mais profundos enquanto enfrentam uma jornada de autodescoberta com inúmeros desafios.

Por ser o primeiro volume de uma série, a obra possui um contexto mais introdutório, nos ambientando ao mundo e aos personagens existentes nele, mas ainda assim trazendo reflexões válidas atráves de suas experiências e escolhas.

Um ponto interessante nessa trama é o fato de que ao conhecermos mais desse universo criado pelo autor, percebemos que muito dele está inserido em nosso próprio mundo. E enquanto cada um desses personagens precisa lidar com jornadas perigosas e amadurecer prematuramente, a vida continua serena para tantas outras pessoas alheias ao que se passa bem ao seu lado. O que nos faz pensar sobre como cada um de nós vivemos "universos" diferentes, não necessariamente fantásticos e com seres sobrenaturais, mas dentro do nosso próprio contexto, com nossas próprias dores e medos, aguardando pelo dia em que seremos enxergados ou ouvidos.

O autor também fala sobre relacionamento abusivo através de uma de suas personagens, trazendo a reflexão de que nós também podemos ser abusivos em nossos relacionamentos, mesmo quando achamos que estamos fazendo o melhor para aqueles que amamos.

Em suma, Crônicas da Escuridão foi uma experiência complexa, mas interessante. Terminei a obra surpresa com o final e curiosa para descobrir o que encontrarei no próximo volume.


Nenhum comentário

Postar um comentário


Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥