20 outubro 2015

Resenha - Grey, E.L.James


Livro: Grey (Cinquenta Tons de Cinza #4)
Autor(a): E.L James
Editora: Intrínseca
Páginas: 524
Adquira: Saraiva | Submarino | Buscapé
Livro cedido através da parceria com a editora
Na voz de Christian, e através de seus pensamentos, reflexões e sonhos, E L James oferece uma nova perspectiva da história de amor que dominou milhares de leitores ao redor do mundo.Christian Grey controla tudo e todos a seu redor: seu mundo é organizado, disciplinado e terrivelmente vazio – até o dia em que Anastasia Steele surge em seu escritório, uma armadilha de pernas torneadas e longos cabelos castanhos. Christian tenta esquecê-la, mas em vez disso acaba envolvido num turbilhão de emoções que não compreende e às quais não consegue resistir. Diferentemente de qualquer mulher que ele já conheceu, a tímida e quieta Ana parece enxergar através de Christian – além do empresário extremamente bem-sucedido, de estilo de vida sofisticado, até o homem de coração frio e ferido. Será que, com Ana, Christian conseguirá dissipar os horrores de sua infância que o assombram todas as noites? Ou seus desejos sexuais obscuros, sua compulsão por controle e a profunda aversão que sente por si mesmo vão afastar a garota e destruir a frágil esperança que ela lhe oferece?

Olá queridos, tudo bem?

Eu estou muito bem e feliz da vida em poder compartilhar com vocês a volta do Sr. Grey. (Estava com cinquenta tons de abstinência sem Christian, rsrs.) Sim! Eu sou uma daquelas enlouquecidas pela trilogia Cinquenta tons de cinza e como toda fã que se preza estava ansiosa para reviver esse romance através da visão do Christian.

Então vamos lá, passear pelo infinito particular do Sr. Grey.

Apesar das críticas negativas ao livro, e particularmente acho que todos tem o direito de expressar sua opinião eu vou totalmente à contra mão, embora a história seja a mesma e, talvez por isso possa ter causado a decepção de alguns leitores, neste ângulo conseguimos entender as frustações e inseguranças do protagonista.

Christian Grey teve uma infância muito difícil, foi agredido diversas vezes, passou fome e nunca teve o carinho de sua mãe, aos quatro anos foi adotado por Grace e Carrick Grey, onde finalmente teve a oportunidade de conhecer um lar de verdade, mas os danos psicológicos que trazia consigo acabaram falando mais alto. Nos primeiros períodos da adoção ele não conseguia dizer uma só palavra, ficava mudo durante todo o tempo, só com a chegada de Mia ele acaba quebrando o gelo e pronuncia sua primeira palavrinha, que é justamente o nome de sua mais nova irmã: Mia.

Apesar de todo apoio e paciência de sua nova família, Christian preferiu se isolar em um mundo completamente seu, onde a escuridão é sua maior companheira. Como se já não bastassem todos os seus traumas, Helena - Mrs.Robinson, amiga de sua mãe o apresenta ao mundo BDSM no auge de seus quinze aninhos, o que acaba mexendo ainda mais com sua mente já conturbada. Iludido, Christian pensa ter encontrado a melhor alternativa para viver e controlar tudo ao seu redor.

Mais tarde se torna um grande e poderoso empresário, mas ainda assim sua vida é vazia, até que um dia conhece a bela Srta. Steell - Anastacia uma jovem aparentemente desengonçada, mas com uma personalidade que chama atenção do Sr. Grey, ele bem que tenta não se sentir abalado por ela, mas isso se torna cada vez mais difícil, então se dá por vencido e decide ir atrás de Ana para colocar em prática os pensamentos que tem tido com sua pele alva e seus profundos olhos azuis.

Olhos claros e envergonhados encontram os meus e me detêm de meu caminho. Eles são da mais extraordinária cor azul e inocência, e por um momento horrível, acho que ela pode ver através de mim e eu que fico... exposto. O pensamento é enervante, então eu o afasto imediatamente. 

Ana apesar de sua inexperiência decide tentar entender o estilo de vida que Grey a propõe através de um contrato que ela reluta em assinar. O cenário se passa na linda e populosa cidade de Seattle no estado norte-americano de Washington e os dois vivem histórias que mexem com o nosso imaginário. Mesmo se dizendo um homem frio e sem coração, nosso Grey nos faz suspirar com tanto zelo e carinho por sua Ana, que por sua vez vai conseguindo desvendar os mistérios de seu coração ferido, Ana consegue trazer um pouco de claridade para a alma de Grey, que quando está ao lado dela consegue ter uma pontinha de bom humor e sonhos mais doces quando adormece ao seu lado.

Com um último olhar prolongado para Anastasia Steele - a primeira mulher com quem dormi - eu saio para minha corrida.

Assim como Ana conversa com sua “deusa interior”, Grey conversa com o que chama de “o babaca” no espelho e nos coloca dentro do seu mundo particular. Eu amei a visão que ele nos passa, pois assim entendi seus traumas. Christian não é assim por opção, ele apenas não podia confiar em ninguém, não podia perder o controle, ele só não contava com a chegada da doce Ana, para revirar seu mundo e mostrar a ele que a claridade está muito mais perto do que ele imagina.

Oh, dane-se a papelada.' As palavras vêm do nada e por instinto eu a agarro e a empurro contra a parede. Juntando suas duas mãos, eu as prendo acima de sua cabeça para que ela não possa me tocar, e, uma vez presa, eu passo minha outra mão em seu cabelo enquanto meus lábios procuraram e encontram os dela.

Grey é o 4º livro da série Cinquenta tons de cinza, depois de muitos pedidos a autora E.L James decidiu nos presentear com a visão do “mocinho”; assim como o primeiro livro da série, eu não conseguia parar de ler, a história de amor de Ana e Christian nos leva a um conto de fadas do século XXI, obviamente que muitas cenas de sexo, rsrsrs.

Apesar de no meu ponto de vista a leitura ter sido muito agradável, não há nada de novo e surpreendente no livro, a história se repete, mas como já relatei no início, sou completamente louca por essa trilogia.

Então é isso pessoal! Até a próxima leitura!

17 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Ola Paula lindona estou doida para ler esse livro, e conhecer mais a fundo os pensamentos, medos e emoções de Grey não demonstrados no livro, o que me deixa com receio é ser muito repetitivo, o que vai cansar um pouco. MAS se tratando de Grey sou fã de carteirinha rsss. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi joyce, eu sou suspeita no que diz respeito ao Grey, pois sou muito louca por essa história de amor. Sim o livro fica um pouco repetitivo, mas nada que não seja prazeroso para nós, fãs de carteirinha desta saga.
      Um beijo!!!!

      Excluir
  3. Olá!!
    Até estou curiosa para ler esse livro, mas não para acompanhar todo o romance novamente pelo olhar de Grey, mas sim para conhecer um pouco mais dele na infância e desvendar os acontecimentos que o deixaram tão exótico rsrsrs
    Adoro a capa desse livro!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oiii!

    Eu não li ainda. Maaaas eu sou encantada pelo universo 50 tons. Eu já sabia - e no segundo livro, algumas coisas ficam bem clara - o que tinha acontecido no passado de Grey e acho legal trazer esse enredo. Mesmo sendo mais do mesmo muito fãs -como vc- vão gostar.
    Acho que as pessoas acabam queremos deeemais e por isso se decepcionam. Eu só quero ler porque eu achei a escrita dela linda e cara, é o Grey né?


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  5. Olá! Bom, vou ser sincera, não gosto de 50 tons de cinza. Não gostei da premissa, li o livro mas não me cativei por diversos motivos. Parabéns pela resenha, está bem fluida e podemos perceber o quanto você gostou do livro, gosto de resenha que passam ao leitor essa emoção; Beijos

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Paula, apesar de ter lido 50 tons de cinza e gostado não me vi muito empolgada para ler este, mas acho que minha mãe que ama a série vai adorar lê-lo *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então está aí uma opção para presente de natal. rs.
      Beijos!

      Excluir
  7. Gosto desses livros que mostram a versão de outro personagem, mas o problema é que não tenho nenhuma atração por essa série, tenho preguiça de cenas hot. Aí não teria graça nenhuma ler. Pra você que é fã deve ter sido o máximo conhecer as frustrações e inseguranças dele mesmo. Achei louco o Grey conversar com "o babaca" no espelho... rs...

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs. Isso mesmo Jú! O ponto alto do livro é justamente esse: entender "os porquês" da personalidade do Grey.
      beijo!

      Excluir
  8. Olá... eu li a trilogia em uma semana e apesar das cenas de sexo, eu gostei muito da história... não são todos os livros dessa temática que leio... mas esse não é tão pesado como alguns que já vi por ai.... claro que adorei saber dessa versão na visão dele, porque poderemos conhecer o seu lado da história, mesmo que seja a mesma... Xero!!!!

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana, sua linda, tudo bem
    Eu acho o máximo o carinho que os autores têm com os fãs a ponto de criar mais um livro para matar as saudades. Não opino sobre essa historia, pois ainda não li. Mas vi o filme e gostei. A impressão que eu tenho é que conhecendo o lado dele da história, seu passado, as pessoas vão pelo menos entender toda a dor e todo o seu comportamento mesmo não aceitando ou concordando com ele. Um dia ainda leio essa trilogia que agora ganha mais um livro. Gostei da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi sou veronica fansoca da trilogia! e amei seu resumo da história ainda estou lendo . e amando . sera que a tua Érica ira dar continuidade do livro :#Grey. Vc sabe? Me responde no ig veronica_dak4422Brasil bjs!

    ResponderExcluir
  11. Eu não li a trilogia de cinquenta tons de cinza, mas assisti o filme (sei que não é a mesma coisa). Eu adorei a temática e sei que no livro tudo é mais forte e mais apimentado, mas não me interessei pela trilogia, mas isso não acontece com GREY que eu estou super afim de ler e de formar a minha opinião. Adorei o seu blog, já está nos meus favoritos.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir


Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥