15 janeiro 2019

Resenha - Almas-Gemeas, Nicholas Sparks


Livro: Almas-Gêmas
Autor(a): Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Adquira: Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora
Hope Anderson está numa encruzilhada. Aos 36 anos, ela namora o mesmo homem há seis, sem perspectiva de casamento. Quando seu pai é diagnosticado com ELA, Hope resolve passar uma semana na casa de praia da família, na Carolina do Norte, para pensar nas difíceis decisões que precisa tomar em relação ao próprio futuro. Tru Walls nasceu numa família rica no Zimbábue. Nunca esteve nos Estados Unidos, até receber uma carta de um homem que diz ser seu pai biológico, convidando-o a encontrá-lo numa casa de praia na Carolina do Norte. Intrigado ele aceita e faz a viagem. Quando os dois estranhos se cruzam na praia, nasce entre eles uma ligação eletrizante e imediata. Nos dias que se seguem, os sentimentos que desenvolvem um pelo outro os obrigam a fazer escolhas que colocam à prova suas lealdades e reais chances de felicidade. O novo romance de Nicholas Sparks, na tradição de Diário de uma Paixão e Noites de Tormenta, aborda as muitas facetas do amor, os arrependimentos e a esperança que nunca morre, trazendo à tona a pergunta: por quanto tempo um sonho consegue sobreviver?


Quando se cresce planejando minuciosamente o futuro e estipulando prazos para atingir certos estágios da vida, a quase certo que você irá se frustrar em algum momento. Ninguém leva em consideração que não pode controlar os planos que incluem outras pessoas e é nessa encruzilhada que Hope Anderson está. Ter filhos é seu sonho desde menina, mas depois de seis anos em um namoro que não evolui, seus prazos estão definitivamente extrapolados.

Josh está em um de seus momentos ruins, é por isso que Hope irá sozinha ao casamento da amiga enquanto o namorado curte Las Vegas com os amigos. E isso nem é a pior coisa que vem acontecendo em sua vida. O isolamento na casa de praia da família é um excelente momento para refletir, mas ao invés de descomplicar, sua vida acaba ganhando ou perdendo uma peça que Hope nem sabia que existia.

A carta que seu pai biológico enviou junto com uma passagem de avião anexada, mostra que ele tem tanto dinheiro quanto sua família materna. Mas se o dinheiro de um não lhe interessou, o dinheiro do outro – um homem de quem nunca tinha ouvido falar – lhe interessaria menos ainda. Ainda assim, ali estava Tru Walls, desembarcando na Carolina do Norte.

Há quase duas décadas ele trocou o conforto da casa de seu avô pelos aposentos, nem sempre confortáveis, de um guia de safari. Ele amava o que fazia, e nem o casamento ou o nascimento de seu filho, o fizeram abandonar a profissão. Claro que as viagens para o centro urbano se tornaram mais frequentes, mas isso não foi o suficiente para sua ex-mulher. E provavelmente não seria para nenhuma outra.

Depois de tanto tempo sem ler algo do autor, me rendi ao seu lançamento mais recente. Eu sempre preparo meu psicológico para um drama cheio de tragédias, mas desta vez ele quis pegar mais leve. Porém não se enganem, continua sendo Nicholas Sparks. Só não reconheci sua escrita no desenvolvimento do romance. Pela primeira vez encontrei um casal que não me deixava com vontade de saber como seria seu felizes para sempre.

O início foi bem empolgante, com o encontro dele e a o período que ficam juntos na praia. Depois disso, a narrativa foca muito em seus mundos em separado, tornando a história arrastada por demais. É uma montanha russa, que em alguns momentos não te deixam largar a leitura e em outras te guia através das páginas, mas sem de fato te prender.

Sparks utiliza uma ferramenta de se inserir na narrativa, algo que ele nunca tinha feito. E mesmo após ler sua nota ao fim do livro, continuo na dúvida se ele de fato se inspirou em algum casal ou não. A história é linda, mas eu ficaria mais feliz se não fosse real...

Almas-Gêmeas apresenta um casal já maduro, que tem um pouco mais perder com a impulsividade do que dois universitários. Os fãs do autor não podem deixar de conferir, mas se você está querendo ler um primeiro livro dele, recomendo que inicie por outro.

3 comentários

  1. Engraçado. Segunda resenha deste livro que leio e no fundo, praticamente diz a mesma coisa: é Sparks e de certo modo, acaba não sendo.
    Talvez tenha faltado aquela pitada generosa de drama que o autor coloca em seus enredos, talvez seja realmente pela história apresentar personagens mais maduros, sem aqueles rompantes dos jovens apaixonados.
    Mas acho isso bacana em um autor, meio que sair da zona de conforto.
    Com certeza, quero muito conferir esta história!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Já faz tempo que não leio nada de Nicholas Sparks. Estava tão acostumada a ler os livros dele que sabia como seria. Sempre com tragédias. Bom saber que o romance nesse livro é mais maduro. Agora interessante saber que é baseado em fatos reais. Não sei como termina mas, com certeza, é um motivo a mais para querer ler o livro.

    ResponderExcluir
  3. Olá! Doida pra ler esse livro, curto muito a escrita do Nicholas Sparks e gosto muito de romance com casais maduros, cada resenha que vejo dele me deixa ainda mais curiosa em conferi essa história.
    Bjs

    ResponderExcluir


Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥