04 agosto 2017

Resenha - A Sombra do Vento, Carlos Ruiz Zafón


Livro: A Sombra do Vento (O Cemitério dos Livros Esquecidos #01)
Autor(a): Carlos Ruiz Zafón
Editora: Suma de letras
Páginas: 399
Adquira: Saraiva | Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora
Numa madrugada de 1945, em Barcelona, Daniel Sempere é levado por seu pai a um misterioso lugar no coração do centro histórico: o Cemitério dos Livros Esquecidos. Lá, o menino encontra A Sombra do Vento, livro maldito que mudará o rumo de sua vida e o arrastará para um labirinto de aventuras repleto de segredos e intrigas enterrados na alma obscura da cidade, A busca por pistas do desaparecido autor do livro que o fascina transformará Daniel em um homem ao iniciá-lo no mundo do amor, do sexo e da literatura.Numa narrativa de ritmo eletrizante que mistura gêneros como o romance de aventuras de Alexandre Dumas, a novela gótica de Edgar Allan Poe e os folhetins amorosos de Victor Hugo, Carlos Ruiz Zafón mantém o leitor em estado de contínuo suspense. Ambientada na Espanha franquista da primeira metade do século XX, entre os últimos raios de luz do modernismo e as trevas do pós-guerra, A Sombra do Vento é uma obra sedutora, comovente e impossível de largar. Uma grandiosa homenagem ao poder místico dos livros.


Vou começar dizendo que este livro é essencial aos apreciadores de uma boa história. Isso mesmo galera! Zafón é simplesmente magnífico! Estou em êxtase com sua escrita, fazia tempo que não lia uma história deste nível. Para os amantes de romance, este livro é ideal. Para amantes de drama, este livro é primordial. Para amantes de suspense, podem ler sem medo e para os amantes de fantasias, ahhhh... Este livro povoa o imaginário, enfim. Impossível não amar e não se envolver, este livro contempla todos os gostos.

O livro é narrado por Daniel, que sofre por não conseguir lembrar-se do rosto de sua mãe morta, seu pai então numa tentativa de minimizar sua tristeza o leva a um lugar chamado “Cemitério dos livros esquecidos”, um lugar imenso e cheio de livros abandonados.

Como de costume dos visitantes, Daniel precisa escolher um livro para si e é aí que ele conhece o intrigante autor Júlian Carax. Com o livro nas mãos, Daniel finaliza a leitura em uma noite, ele fica maravilhado pela história e vai atrás de outros romances do autor, porém, ele descobre que os outros livros estão desaparecidos ou queimados por um carrasco que pretende liquidar Júlian Carax.

A tumba sem nome nunca foi encontrada, e pouco depois corria uma nova versão: Julián Carax, mancomunado com a desgraça havia morrido em sua cidade natal, na miséria mais absoluta.

A partir daí Daniel encara uma grande jornada em busca deste mistério e quando digo grande, é realmente grande! Daniel passa uma vida em busca deste segredo até a idade adulta, vemos o amadurecimento deste personagem, tão sedento de informações que possam solucionar o mistério de Carax.

Durante anos procurei outros livros de Julián Carax - continuou Clara - Perguntava em bibliotecas, livraria, escolas... sempre em vão. Ninguém tinha ouvido falar dele ou de seus livros.
Em meio a essa trama, contemplamos outros personagens que nos emocionam bastante, histórias que se cruzam e se entrelaçam, confesso que algumas vezes fiquei confusa, chorosa, mas em todo tempo sedenta por informações, rs.

Zafón, brinca com nossa imaginação e nos leva a um submundo, era assim que me sentia quando pegava o livro para ler, como se eu estivesse me teletransportando para uma outra dimensão, é uma sensação inexplicável, sorri e chorei com os personagens, enfim, leitura mais que recomendada!!!!!


- - - - -
Postagem válida para o TOP COMENTARISTA, Participe!
Valendo um exemplar de Piano Vermelho.

7 comentários

  1. Amo as letras do Zafón!!! Não tem como não ler um livro dele e ficar ali, criando todo esse cenário de Barcelona. A névoa, o frio, os mistérios. E a Biblioteca dos Livros Esquecidos é outro ponto alto e essencial.
    Já li este livro tem um bom tempo e até o tenho na minha mini-biblioteca. E sempre estou indicando ele juntamente com O Jogo do Anjo(o melhor na minha opinião).
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Recentemente li outra resenha desta obra, e fiquei completamente apaixonada por esta estória, exatamente porque a trama possui característica que brincam com nossa imaginação, outro ponto e a forma como e desenvolvido os personagem e a forma como um deles vão atrás de desvendar este mistério, até quando se torna adulta. Pelo visto esta leitura, nos traz um misto de emoção , e isto me cativou ainda mais a leitura.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é um achado hein, passa por todos os gêneros então deve agradar os diversos tipos de leitores, pelo que vi na sua resenha. Fiquei curiosa com a leitura, parece uma aventura e tanto!
    Fiquei curiosa com uma coisa: o top comentarista com o prêmio Meus dias com você não era até o dia 03?
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Ahh.. Como quero que o Zafón brinque com a minha imaginação também Paula! Faz anos que quero ler um livro desse autor, estou ansiosa para viajar na narrativa tão elogiada e muito bem escrita do Zafón.
    Esse livro é completinho, com uma mistura de vários gêneros que amo ler. Tem romance, tem drama, tem suspense e tem fantasia, com certeza essa trama vai me manter presa até a última página.
    Não vejo a hora de ter a chance de acompanhar o Daniel na sua jornada para desvendar os mistérios por traz do autor do livro que ele escolheu no Cemitério dos livros esquecidos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Paulo!
    Zafón tem esse dom mesmo de teletransportar o leitor para dentro do livro e vivermos a história como se fosse conosco mesmo.
    Feliz em ver que nesse exemplar ele engloba um pouco de cada estilo literário, abrangendo assim, um púclico ainda maior, porque todos temos um gênero que gostamos mais e se todos estão em um único livro, é perfeito.
    Quero poder apreciar mais esse livro do autor.
    Desejo um mês repleto de realizações e um ótimo final de semana!
    “A vida guarda a sabedoria do equilíbrio e nada acontece sem uma razão justa.” (Zíbia Gasparetto)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  6. Olá !!
    Nunca li nada do autor mas que livro é esse ? Seu intusiasmo me empolgou de verdade.
    Parece ser um livro para todo o tipo de leitor ! Adorei !!

    Com certeza vou ler quando tiver oportunidade! !
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Tenho vontade de ler esse livro é bem comentado e com tantos elogios assim a vontade aumenta ainda mais por gostar de suspense e a historia tem como um dos assuntos livros e sem falar em mistério que adoro, só fiquei intrigada em como demora tanto tempo assim para o personagem solucionar o mistério. E a leitura parece mexer com as emoções do leitor.

    ResponderExcluir


Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥