20 novembro 2013

Conhecendo o autor - Nora Roberts

Eleanor Marie Robertson nasceu em 10 de outubro de 1950, em Maryland, EUA; sendo a mais jovem de cinco irmãos e a única mulher. Ela possui descendência irlandesa, pois seus pais têm ancestrais irlandeses. Criada em uma família de ávidos leitores, Nora sempre esteve em contato com a literatura, mas nunca escreveu nada durante a adolescência.

Nora estudou em uma escola Católica até o segundo ano do ensino médio, quando se transferiu para uma escola pública, a Montgomery Blair High School. Lá ela conheceu seu primeiro marido, Ronald Aufdem-Brinke.  Eles se casaram logo depois da formatura do colegial – contra a vontade dos pais dela -, em 1968. Enquanto o marido trabalhava, Nora ficava em casa cuidando dos dois filhos, Dan e Jason. E foi nessa época que ela escreveu seu primeiro romance: durante uma nevasca em fevereiro de 1979, Nora estava presa com as crianças em casa e não tinha muito que fazer. Infelizmente seu casamento acabou em 1983. Roberts conheceu seu segundo marido. Bruce Wilder, de forma bem inusitada: ele foi contratado para fazer estantes de livros. Eles se casaram em 1985. Wilder administra a livraria Turn the Page Books, e juntos eles são donos do histórico Boone Hotel. Após um incêndio, em 2008, o hotel passou por reformas e teve um investimento de 3 milhões de dólares. Ele foi aberto em 17 de fevereiro de 2009.
Nora Roberts acredita que para ser um escritor, você deve ter disciplina. Ela se concentra em um livro por cada vez, escrevendo oito horas por dia, mesmo durante as férias! O seu processo de criação é bem peculiar, ao invés de fazer um esboço ou um resumo de suas tramas, ela escreve um evento ou esboça um personagem chave. Depois ela escreve um primeiro esboço com os elementos básicos da história. Quando termina o primeiro esboço, a autora volta ao início da história para escrever um segundo esboço, onde entram os principais detalhes, assim como uma abordagem mais aprofundada dos personagens. Ela então revisa o trabalho para polir o romance antes de enviar a Amy Berkower, sua agente. Nora frequentemente escreve trilogias, redigindo cada livro em sequência para que possa acompanhar os personagens. Quando é possível, ela faz o mesmo com a Série Mortal, escrevendo três obras em sequência antes de voltar aos romances contemporâneos. Uma curiosidade: suas trilogias são todas lançadas em brochura porque ela acredita que o lançamento de livros de capa dura faz o leitor esperar muito tempo.



Naquela primeira experiência como escritora – em 1979 – ela se apaixonou pelo processo de escrever e rapidamente redigiu três manuscritos. Os esboços foram enviados para a Editora Harlequin. Após algumas rejeições padrões, ela teve a surpresa de receber seu manuscrito de volta com um bilhete que dizia que seu trabalho era promissor e que a história havia sido muito bem escrita e interessante, mas eles já tinham a sua autora americana e ela era Janet Dailey.
Nora Roberts teve seu primeiro livro publicado pela Editora Silhouette e 1981. Ela usou o pseudônimo Nora Roberts, forma abreviada de seu nome de batismo, porque acreditava que todos os autores tinham pseudônimos. Entre os anos de 1982 e 1984, ela escreveu 23 romances para a Silhouette., mas apesar de tantos livros, Nora só encontrou o sucesso em 1985, quando lançou o, primeiro romance da Série MacGregor.
O trabalho de Roberts foi fundamental para mudar a cara dos romances, afastando-os do padrão com uma heroína virgem de dezoito anos e uma representação superficial do personagem masculino. Suas primeiras heroínas eram menos passivas que a norma da época e seus romances incluíam uma abordagem mais profunda do herói. Muitas de suas obras lidam com assuntos relacionados à família. A autora acredita que o seus senso familiar é uma parte importante dela e de seu amadurecimento. Ela considera a família importante e isso se reflete em seus livros. Seus personagens "vem de algum lugar e, de onde eles vêm, seja bom ou mau, tem um importante papel em quem eles são e no que podem se tornar".

Em 1996, Nora ultrapassou a marca de cem romances com Montana Sky. Em 1999 e 2000, quatro dos cinco romances que o USA Today listou como os romances mais vendidos do ano tinham sido escritos pela autora. A sua primeira aparição na lista de best-sellers do New York Times foi em 1991. Entre 1999 e 2001, ela possuía 68 romances na lista de best-sellers do NYT, incluindo brochuras e livros de bolso. Membro fundador da Romance Writers of America (RWA), ela foi a primeira a ser homenageada no Hall da Fama da organização. Em 2006, ela ganhou um número sem precedentes de 19 RITA Awards, a mais alta honra do gênero romance. Ao todo, Nora recebeu 26 prêmios, incluindo 2 com o pseudônimo de J.D. Robb.

Em mais de 30 anos de carreira, Nora publicou mais de 220 obras (incluindo os demais pseudônimos)! Com isso fica quase impossível trazer todos aqui, vou tentar trazer pelo menos os publicados no Brasil, mas isso é assunto para outro post.


6 comentários

  1. Já li alguns livros da Nora e gostei bastante.

    Bjus
    http://infinitoparticulardoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é realmente uma escritora incrível =)
      Beijos

      Excluir
  2. Essa escritora é um super sucesso, fico impressionada com o tanto que ela bomba, sou louca para ler algo dela!

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma leitura muito agradável.
      Eu tive a oportunidade de ler poucos livros dela, mas me apaixono por todos que leio =)
      Procure algo dela Isabel, tenho certeza que vai se encantar =)
      Beijos

      Excluir
  3. Uau, fiquei fascinada com a história de sucesso dela! Adorei a metodologia de escrita e fiquei impressionada com o tanto de livros que ela já publicou. Poxa, escrever 8 horas por dia? Aja inspiração e tempo.. realmente quem abraça esta arte como profissão precisa realmente se dedicar. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é Mi? também fiquei impressionada com ela.
      Com toda a vida dela haha
      Eu mal consigo ficar 2 horas no pc escrevendo posts e resenhas, quanto mais 8hs por dia trabalhando! Realmente ela ama o que faz =)
      Beijos

      Excluir


Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥