02 maio 2019

Resenha - Mundo em Caos, Patrick Ness


Livro: Mundo em caos (#1)
Autor(a): Patrick Ness
Editora: Intrínseca
Páginas:480
Adquira: Amazon
Livro cedido através da parceria com a editora
Em um mundo pós-apocalíptico, uma infecção rara e perigosa causou o inimaginável: a morte de todas as mulheres. O mesmo germe fez com que os pensamentos dos homens se tornassem audíveis, e agora o caótico Ruído está por toda parte. É impossível guardar segredos no Novo Mundo. Todd Hewitt é o único garoto entre os homens da cidade de Prentisstown, e mal pode esperar para se tornar um deles. No entanto, o lugar esconde algo grave, capaz de mudar o futuro de Todd e do Novo Mundo para sempre. A apenas um mês de se tornar homem, um segredo impensável é revelado, e ele se vê forçado a fugir antes que seja tarde demais. Acompanhado por seu fiel escudeiro, o cachorro Manchee, ele empreende uma jornada repleta de perigos e se depara com uma criatura estranha e silenciosa: uma garota. Mas quem é ela? E por que não foi morta pelo germe como todas as mulheres? Publicado em mais de trinta países, Mundo em caos é o primeiro volume de uma distopia perturbadora sobre os laços que forjamos em situações extremas e traz à tona a infinita insensatez humana diante das diferenças. A adaptação cinematográfica da obra terá Tom Holland e Daisy Ridley como protagonistas. A Intrínseca relança em uma edição especial, com tradução inédita e um conto extra, a série que consagrou Patrick Ness como um dos maiores nomes da literatura jovem.


O Novo Mundo é um lugar barulhento, mesmo que ninguém abra a boca para pronunciar uma única palavra. Todd Hewitt já nasceu nesse lugar, onde a mente incoerente dos animais pode ser ouvida e o pensamento dos homens fica exposto a quem estiver ao redor. O ruído é a maior praga desse mundo. Um germe no ar, que levou muitos homens a loucura e matou todas as mulheres que vieram na nave dos colonizadores. Mas, se hoje toda a população se resume aos homens de Prentisstown, a culpa é também dos Sparkles. Uma grande guerra aconteceu contra os nativos, eliminando-os totalmente.

Essa é a questão. Ruído é ruído. [...] A mente dos homens é um lugar confusão, e o Ruído é com se fosse rosto vivo dessa confusão. No Ruído existe a verdade, mas também existem as fantasias e o que ele imagina, e o Ruído diz uma coisa e o  completo oposto ao mesmo tempo, e a verdade está ali, isso é certo, mas como saber o que é verdade e o que não é quando você vê tudo?

Prentisstown tem quase cento e cinquenta homens e um garoto. Aqui, todo garoto chega a maior idade aos 13 anos, e falta apenas um mês mas Todd se juntar a eles. É quando ele encontra uma garota e, num confusão de acontecimentos, se vê fugindo da cidade rumo ao desconhecido. Acompanhando da garota e de seu cachorro, levando o diário da sua mãe e um pouco de suprimentos.

Mundo em caos é o primeiro livro de uma trilogia distópica. Com um mundo diferente do nosso, o autor precisa perder algum tempo situando o leitor naquela realidade. A explicação não vem de forma linear ou sequencial. Conforme o protagonista vai avançando, vamos conhecendo mais sobre essa sociedade. Logo percebemos que ele sabe muito pouco e experimentamos junto a agonia de lutar sem saber exatamente o porque. A narrativa em terceira pessoa é essencial para a melhor compreensão da história. No início foi um pouco confuso, principalmente os animais, mas em alguns capítulos você já está até imaginando a cena com naturalidade.

Não foi minha leitura mais rápida, mas é uma narrativa cheia de emoções. O autor não alivia nenhum pouco a jornadas de Todd. Muitos personagens são passageiros e não vi necessidade de me apegar a nenhum deles. Na verdade mal temos tempo para isso, mas é importante prestar atenção ao que eles falam. E o final.. eu não estou sabendo superar. Algumas revelações foram previsíveis, outras absurdamente bizarras, mas o desfecho foi surpreendente!

A edição é super linda, daquelas que vale ter na estante. A editora foi muito atenta com os detalhes do livro, não só a parte gráficos, mas também com a revisão do texto. A maioria dos personagens tem um nível de instrução muito precário e isso se reflete a narrativa. 

Os direitos de adaptação estão comprados e a perspectiva é que cheguem aos cinemas ainda esse ano. Então, quem gosta de ler antes de assistir, não perca tempo.

- O velho mundo é sujo, violento e lotado - Hildy diz, limpando a boca com um guardanapo. ´Está se destruindo com aquela gente toda se odiando e se matando, eles só se da por feliz quando tá todo mundo infeliz. Pelo menos era assim que era naquela época.

Nenhum comentário

Postar um comentário


Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥