05 novembro 2017

Niall Horan - Flickr

Flickr é o primeiro cd solo de Niall Horan, o terceiro integrante da boy band One Direction a lançar um cd solo.

O irlandês de 24 anos, que também escreveu todas as músicas do álbum, lançou em 20 de outubro seu primeiro álbum e as expectativas eram bastante altas, já que Zayn e Harry foram bem-sucedidos em seus primeiros projetos solos.

Flickr começou a ser trabalhado em março de 2016. Para Niall, o álbum possui influências de clássicos do rock, como Fleetwood Mac e The Eagles, assim como possui uma sonoridade que caminha do folk ao pop. Ele também considera a faixa título como a mais importante para ele e que a mais influenciou a direção que o álbum deveria tomar.

O primeiro single do cantor foi “This Town”, lançado em setembro de 2016. A música lembra qualquer ótima balada romântica do seu antigo grupo, mas teve uma recepção tímida do público, rendendo um top 10 Inglaterra e um top 20 EUA. A canção caiu nas graças do DJ e vencedor do Grammy Tiesto, que lançou um remix oficial para a música.
Em maio do ano seguinte foi a vez de “Slow Hands” ser lançada, mantendo o mesmo ranking nas paradas de sua antecessora. Em setembro, “Too Much To Ask” (uma das minhas favoritas) foi escolhida para dar sequência na divulgação do álbum. O single teve críticas geralmente positivas.

O álbum poderia ser facilmente confundindo com qualquer cd que o One Direction lançasse no futuro, mas que ao mesmo tempo mira um público mais adulto. O que não é demérito. Niall apenas se manteve mais na linha musica do 1D do que seus antigos parceiros de banda.

Mesmo achando que o cantor poderia ter se arriscado mais (como na ótima Seeing Blind, dueto com a vencedora do Grammy, Maren Morris), o cd inteiro é agradável de ouvir e bem coeso.

Para um primeiro álbum, é notório que o jovem preferiu se manter num território conhecido, tentando manter todos os fãs da banda conectados com sua sonoridade e que fosse confortável para sua voz, talvez por não ser um dos integrantes mais badalados da boy band. Nem por isso o trabalho deixa de soar honesto. Só mostra que o cantor tem potencial para crescer mais ainda.

A investida valeu a pena. O álbum atingiu o #1 nos EUA e Irlanda. Na Inglaterra, atingiu o #3. E fiquem ligados. Mesmo já tendo passado por aqui em outubro deste ano, o cantor já tem data para voltar. Nos dias 8 e 10 de julho ele fará shows no Rio e São Paulo, respectivamente.

1. "On the Loose"
2. "This Town"
3. "Seeing Blind" (with Maren Morris)
4. "Slow Hands"
5. "Too Much to Ask"
6. "Paper Houses"
7. "Since We're Alone"
8. "Flicker"
9. "Fire Away"
10. "You and Me"
11. "On My Own" (Edição Deluxe)
12. "Mirrors" (Edição Deluxe)
13. "The Tide" (Edição Deluxe)

5 comentários

  1. Nunca consegui ser muito fã da banda, mas recentemente andei dando uma olhada no trabalho destes meninos que não tiveram outra opção a não ser, lançar as carreiras separadamente. Apesar de acreditar que num futuro próximo, a banda deva se reunir novamente. Não alcançaram o patamar que alcançaram a toa, fizeram por merecer e muitos fãs anseiam a volta deles!
    São sem sombra de dúvidas,músicas gostosinhas de serem ouvidas!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Douglas!
    Normal as músicas do Niall Horan se confundirem com as do Onr Direction.
    Melhor porque são essas baladas gostasas de ouvirmos, totalmente apaixonada...
    Na verdade não sou fã da banda, mas algumas músicas tocam fundo em meu coraçãozinho romântico e não tem como não escutar e acredito que acontecerá a mesma coisa com Neil...
    Desejo uma ótima semana de luz e paz!!
    “É prova de inteligência saber ocultar a nossa inteligência.” (François La Rochefoucauld)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    É sempre bom ver que os integrantes tem uma trilha maravilhosa para seguir. Eu não tinha esse conhecimento mas agora me deixou curiosa para escutar as novas musicas dele.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  4. Acho bem legal quando integrantes lançam álbum solo, isso ajuda a eles se conhecerem melhor.
    Porém, não gosto muito das músicas do Niall, mas irei ouvir para ver se alguma acaba chamando minha atenção.

    ResponderExcluir
  5. Eu confesso que o único integrante da banda que eu acompanho é Zayn. Eu nem sabia que os outros estavam lançando um álbum solo :P
    Eu não conhecia nenhuma dessas músicas, mas já gostei dessa Too Much to Ask, e já vou procurar ouvir as outras também :)

    Beijos!

    ResponderExcluir


Mais que Livros - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
Miss Mavith - Design with ♥